Cristina Mortágua relembra, com antes e depois, câncer e depressão que a fizeram chegar a quase 100 kg: 'Engoli calada'

·1 minuto de leitura

Aos 50 anos, só agora Cristina Mortágua consegue falar abertamente dos processos de autocura após vários episódios de depressão e da superação de um câncer, aos 36 anos, quando teve que retirar parte da glândula tireoide, comprometida pelo tumor. O resulktado, quilos a mais e uma disfunção hormonal que de tempos em tempos necessita ser corrigida. Para falar do assunto, a ex-modelo postou uma foto de antes e depoisdessa época, em que chegou aos 98 kg.

"À esquerda, de volta ao meu peso normal com os cuidados e supervisão médica. Nunca tive problema de compulsão alimentar, bulimia, entre outros. O que causou esse estado foi 'engolir calada', a invasão da casa em que estava, no nosso lar, portanto a casa era dele e eu fui desmoralizada em rede nacional naqueles famosos programas de fofoca e sensacionalismo barato e inverídico. Mas depois da descoberta do câncer da tireoide, órgão que estabiliza as nossas funções. Tive um carcinoma papelifero e foi necessário retirar não só a metade da glândula como estava previsto, mas depois da cirurgia aberta, verificou-se a necessidade de retirá-la por completo. A cirurgia diante dos transtornos de um câncer 'normal' é bem traumática, não há necessidade de quimioterapia, mas as dores causadas pelos efeitos colaterais são insuportáveis. No lançamento do meu livro contarei tudo tim tim por tim tim", relata Mortágua, que vem escrevendo sua biografia há alguns anos.

Na época, Mortágua se separava do jogador Djair num mometo bem conturbado. Ela se trata hoje com psicanálise e recorreu à formação como terapeuta holística para entender um pouco mais seus processos: "Podia querer me vingar. Mas decidi me acolher".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos