Crítico da vacina chinesa, Bolsonaro elogia “cooperação com Pequim” durante pandemia

Presidente Jair Bolsonaro participou da cúpula dos Brics nesta quinta-feira (23) (Foto: EVARISTO SA/AFP via Getty Images)
Presidente Jair Bolsonaro participou da cúpula dos Brics nesta quinta-feira (23) (Foto: EVARISTO SA/AFP via Getty Images)

Resumo da notícia

  • Presidente Jair Bolsonaro elogiou cooperação entre Brasil e China ao longo da pandemia de covid-19

  • Declaração aconteceu durante cúpula dos Brics nesta quinta-feira (23)

  • Ao longo da pandemia, Bolsonaro criticou e ironizou a CoronaVac, vacina chinesa usada no Brasil

Nesta quinta-feira (23), o presidente Jair Bolsonaro (PL) participou da cúpula dos Brics. Durante o evento, Bolsonaro fez elogios a China, ressaltando a cooperação entre os países durante a pandemia de covid-19.

Ao longo da pandemia, Bolsonaro e aliados menosprezaram o imunizante da farmacêutica chinesa SinoVac diversas vezes, chamando a CoronaVac de “vacina chinesa” de forma pejorativa. Na cúpula dos Brics, a postura foi diferente.

Sem citar a vacina diretamente, Bolsonaro afirmou que a relação entre Brasil e China trouxe “benefícios concretos para os nossos povos, como demonstrado pela nossa cooperação durante a pandemia de covid-19”. O presidente também agradeceu aos chineses pela recepção na visita que fez ao país em 2019.

A declaração, no entanto, vai na contramão da postura adotada pelo presidente da República ao longo da pandemia de covid-19, em especial no que diz respeito a vacina criada na China e usada no Brasil, a CoronaVac.

No Brasil, a vacina é produzida pelo Instituto Butantan, vinculado ao governo de São Paulo. O acordo para a importação da CoronaVac foi feito pelo ex-governador paulista, João Doria (PSDB), inimigo político de Bolsonaro.

Até o momento, a CoronaVac não tem registro de uso definitivo no Brasil, apenas autorização para o uso emergencial. A vacina é aplicada em crianças a partir de 6 anos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos