​Crivella amplia fechamento de escolas por mais 15 dias no Rio

ITALO NOGUEIRA

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (Republicanos), ampliou nesta quinta-feira (26) em mais 15 dias o fechamento das escolas municipais da cidade. Elas permanecem sem aula até o dia 12 de abril.

A medida contraria a orientação do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), aliado de Crivella, que havia pedido o "retorno à normalidade", citando inclusive a reabertura das escolas.

O decreto publicado em edição extra do Diário Oficial autoriza a reabertura de lojas de material de construção e de conveniência em postos de gasolina. Crivella mantém a orientação para que, nas próximas duas semanas, os moradores da cidade permaneçam em casa.