Crivella amplia o isolamento social no Rio até 15 de maio devido ao coronavírus

Extra
·1 minuto de leitura

RIO - O prefeito Marcelo Crivella estendeu até o dia 15 de maio as medidas de isolamento social para enfrentar a pandemia do coronavírus no município do Rio. A nova data do decreto, que está em vigor desde o dia 24 de março, fui publicada no Diário Oficial desta quinta-feira, dia 30, data prevista para vencer as ações para restringir o funcionamento de escolas e parte do comércio.

"Preservada a recomendação do Poder Público Municipal, de manutenção do isolamento social, fica ressalvado às agências e às unidades lotéricas especificadas pela Caixa Econômica Federal, até o dia 15 de maio, da vedação de que trata o item 2 do inciso I deste artigo, em caráter excepcional, exclusivo e por força de imprescindível necessidade, como as de que trata o item 1 do mesmo dispositivo, o atendimento, entre as oito e dez horas, às pessoas", diz parte do texto do decreto.