Croácia se junta aos grandes e é a 7ª a ir a duas semifinais seguidas; Espanha e Uruguai nunca foram

A Croácia fez história. Não apenas por eliminar o Brasil da Copa do Mundo do Catar, mas por colocar o pé entre as gigantes do futebol mundial com um feito impressionante: se tornou a sétima seleção na história a disputar duas semifinais seguidas do torneio. No caso dos croatas, em 2018 e agora em 2022.

Infográfico: veja o passo a passo do gol 'ensaiado' da Holanda no empate com a Argentina

Bola de Cristal: Argentina é a favorita para vencer a Croácia e chegar à final da Copa

Para ter ideia do tamanho do feito atingido pela Croácia, seleções campeãs mundiais como a Espanha e o Uruguai nunca atingiram este feito. O Brasil já conseguiu essa marca algumas vezes — três no total. Veja a lista:

Itália (1934, 1938) + (1978, 1982) + (1990, 1994)

Alemanha (1954, 1958) + (1966, 1970, 1974) + (1982, 1986, 1990) + (2002, 2006, 2010, 2014)

Brasil (1958, 1962) + (1970, 1974, 1978) + (1994, 1998, 2002)

Holanda (1974, 1978) + (2014, 2018)

França (1982, 1986)

Argentina (1986, 1990)

Croácia (2018, 2022)

A Croácia trata-se de um país que conseguiu sua independência apenas em 1991 e só pôde jogador a sua primeira Copa do Mundo em 1998. Participou de seis das sete possíveis e está na terceiro semifinal de sua história — além de 2018 e 2022, também chegou em 1998.

Classificada, agora a Croácia mede forças diante da Argentina para saber quem será finalista da Copa do Mundo. Do outro lado da chave, as quartas de final serão disputadas neste sábado entre França e Inglaterra e Marrocos e Portugal.