Cruzeiro perde seis pontos na Série B por dívida na Fifa

Igor Siqueira

A CBF comunicou ao Cruzeiro nesta terça-feira uma sanção imposta pela Fifa por causa de uma dívida com o Al-Wahda, dos Emirados Árabes Unidos. Desta forma, o clube começará a Série B do Brasileirão com seis pontos a menos. A informação inicial da Rádio Itatiaia foi confirmada pelo GLOBO.

A Fifa já tinha notificado as partes em fevereiro, condenado o Cruzeiro ao pagamento de 850 mil euros (mais 5% de juros), além de 30 mil francos suíços no processo envolvendo o não pagamento pelos direitos do volante Denilson.

A efetividade da perda de seis pontos estava condicionada ao pagamento ou não da dívida até o prazo estipulado: última segunda-feira. Como o Cruzeiro não quitou sua parte, a sanção foi automaticamente aplicada, sem necessidade de qualquer comunicação adicional ou julgamento da Fifa.

"A dedução de pontos do devedor na liga nacional será automatiacmente implementada pela CBF no caso se não pagamento dentro do prazo estipulado. Então, uma vez que o prazo tenha expirado, os pontos serão deduzidos automaticamente pela CBF, sem qualquer decisão formal adicional do Comitê Disciplinar da Fifa", foi o que disse a entidade no documento.

O Cruzeiro alega ter feito um acordo com o clube dos Emirados. A tarefa agora é tentar provar junto às entidades que isso, de fato, aconteceu.