Cruzeiro tem de pagar R$ 11 milhões até dia 29 para evitar nova punição da Fifa

Dívida pela compra de Willian é a preocupação da vez no Cruzeiro (Thomas Santos/AGIF)

A punição imposta ao Cruzeiro com a perda de seis pontos na Série B do Campeonato Brasileiro por causa da dívida com o Al-Whada, dos Emirados Árabes, pelo empréstimo do volante Denilson, não é a única ação movida contra o clube mineiro na Fifa. Outras equipes também cobram junto à entidade máxima do futebol valores devidos pela Raposa. O caso mais urgente é do atacante Willian, atualmente no Palmeiras.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Esportes no Google News

Para evitar uma nova sanção o Cruzeiro tem de pagar R$ 11 milhões ao Zorya, da Ucrânia. A data limite para a quitação da dívida é o dia 29 deste mês. De acordo com reportagem do globoesporte.com, de julho de 2019, a dívida com a equipe do leste europeu era de R$ 3,8 milhões em 2017 e no ano passado esse valor estava em R$ 5,6 milhões.

Leia também:

Willian chegou à Toca da Raposa na metade de 2013, emprestado por um ano pelo Metalist, da Ucrânia. Era o complemento do pagamento pela venda de Diego Souza. O clube ucraniano ainda pagou 6 milhões de euros (cerca de R$ 18 milhões na cotação da época) pelo meia-atacante e pouco mais de metade ficou com o Cruzeiro. Alguns meses depois a equipe mineira comprou o atacante, praticamente no mesmo período que começou uma guerra civil na Ucrânia. O Metalist foi diretamente afetado e posteriormente acabou dissolvido pela federação local. O Zorya assumiu tudo o que pertencia ao antigo clube, inclusive os direitos de Willian e foi com quem o equipe celeste negociou em 2014.  

É bem possível que o pagamento dessa quantia já fique sob responsabilidade do próximo presidente celeste. O Cruzeiro vai escolher um novo mandatário nesta quinta-feira (21), que ocupará o cargo até dezembro, para completar o mandato de Wagner Pires de Sá, que renunciou ao cargo no fim do ano passado. Sérgio Santos Rodrigues e Ronaldo Granata estão na disputa pela presidência do Cruzeiro.

A lista de problemas da Raposa na Fifa é ainda maior, não fica apenas nas dívidas por Denilson e Willian. O clube mineiro também é cobrado por Independiente del Valle-EQU (Caicedo), Defensor-URU (Arrascaeta), Tigres-MEX (Rafael Sóbis) e Morelia-MEX (Riascos). De acordo com levantamento feito pelo próprio Cruzeiro, o débito total na Fifa supera os R$ 80 milhões.

Veja mais sobre futebol mineiro no Blog de Victor Martins

Siga o Yahoo Esportes no Instagram, Facebook e Twitter e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.