Anvisa: Cruzeiros tiveram quase 800 casos de Covid-19 em apenas nove dias

·1 min de leitura
Foto: Alfredo Martinez/Getty Images
Foto: Alfredo Martinez/Getty Images

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) recomendou na última sexta-feira (31) que o Ministério da Saúde suspendesse provisoriamente a temporada de navios de cruzeiro na costa brasileira. A medida foi tomada após o aumento de infecções por covid-19 em embarcações nos últimos nove dias.

A Agência informou ainda que quase 800 casos de Covid-19 foram confirmados a bordo das embarcações atracadas na costa do Brasil em um intervalo de apenas nove dias.

Segundo a Anvisa, desde que a temporada de 2021-2022 dos cruzeiros teve início, em novembro do ano passado, 829 pessoas, entre tripulantes e passageiros dos navios, foram diagnosticadas com o novo coronavírus.

Desse total de casos, só 31 foram confirmados entre 1º de novembro e 25 de dezembro. Os 798 restantes foram registrados de 26 de dezembro até esta segunda-feira (3). De acordo com a Anvisa, 502 casos de Covid-19 foram diagnosticados entre tripulantes, o que representa 60% dos casos positivos a bordo das embarcações.

Nesta segunda, integrantes da Anvisa, do Ministério da Saúde, da Casa Civil e de outros órgãos do governo federal se reuniram com representantes dos estados e cidades em que os navios estão atracados e com empresas do setor, para debater a situação das embarcações.

A reunião culminou na suspensão das atividades de cruzeiro até o dia 21 de janeiro. Antes desse encontro, contudo, a Clia Brasil (Associação Brasileira de Navios de Cruzeiros) já tinha anunciado a paralisação temporária da temporada de cruzeiros.

A agência ainda afirmou que estados e municípios tiveram dificuldade na obtenção dos dados epidemiológicos junto às empresas responsáveis pelas embarcações, "o que prejudicou a condução oportuna das investigações pelas autoridades locais de saúde".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos