Crypto.com vai cortar 20% da força de trabalho

(Reuters) - A Crypto.com disse nesta sexta-feira que reduzirá cerca de 20% de sua força de trabalho, já que as corretoras de criptomoedas enfrentam desafios causados pelo colapso da FTX no ano passado.

O anúncio da empresa de Cingapura ocorre em meio a receios sobre reservas e solvência no setor, alguns dias depois que as rivais Coinbase e Huobi anunciaram planos de demitir cerca de 20% de suas equipes. Uma fonte disse à Reuters na semana passada que a Genesis também fez demissões, de cerca de 30% da força de trabalho.

As demissões na Crypto.com ocorrem após a empresa já ter reduzido empregos em julho do ano passado para enfrentar a crise macroeconômica em meio ao aumento das taxas de juros.

O recente colapso do FTX "prejudicou significativamente a confiança no setor", disse o presidente da Crypto.com, Kris Marszalek, em comunicado.

"É por esse motivo que, enquanto continuamos a nos concentrar em uma gestão financeira prudente, tomamos a difícil, mas necessária, decisão de fazer reduções adicionais para posicionar a empresa para o sucesso de longo prazo."

(Por Rhea Binoy em Bengaluru)