Cuba inicia vacinação anticovid em crianças e jovens de 2 a 18 anos

·1 minuto de leitura
Brian Alejandro Gascón, 13, é inoculado com a vacina cubana contra covid-19 Soberana Plus no hospital Juan Manuel Márquez em Havana, em 24 de agosto de 2021 (AFP/ADALBERTO ROQUE)

Cuba lançou nesta sexta-feira(3) uma campanha nacional de vacinação contra o coronavírus em crianças e adolescentes de dois a 18 anos, que o governo impôs como condição antes de reabrir as escolas.

Enquanto outros países como China e Venezuela anunciam sua intenção de vacinar crianças, Cuba, que enfrenta um surto de casos que ameaça seu sistema de saúde, é o primeiro a executá-la.

A campanha, que inclui as vacinas cubanas Abdala e Soberana, imunizará inicialmente adolescentes de 12 anos ou mais, antes de incluir crianças de dois a 11 anos a partir de 15 de setembro.

"Sempre quis ser vacinada" contra a covid-19, disse à AFP Laura Lantigua, 17 anos, que recebeu a primeira das três injeções no colégio Saul Delgado, no bairro de Vedado, em Havana.

A jovem esperou uma hora para ver se sentia "alguma reação". "Eu me senti normal, bem", observou.

"É uma experiência gratificante", disse Ronald Martinez, que acabou de fazer 18 anos. É bom “sentir que, vacinados, podemos ter uma vida social novamente, e ter as relações que perdemos há dois anos”, refletiu.

As escolas do país estão fechadas desde março de 2020 e abriram apenas por algumas semanas no final do ano. Os alunos seguem os cursos pela televisão, que serão retomados na segunda-feira.

O governo decidiu que as escolas só vão reabrir, de forma escalonada, quando todas as crianças do país forem vacinadas.

Com 11,2 milhões de habitantes, Cuba acumula 672.599 casos e 5.538 mortes por coronavírus. Cerca de 95.100 menores foram infectados e sete morreram.

ka/fjb/mr/gm/jc

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos