Culinária asiática ganha espaço em novo restaurante na Barra

·2 min de leitura

RIO — Um sushibar um nível acima do piso, com 12 poltronas de couro e tapete vermelho, é um dos trunfos do Yūsha, novo restaurante do empresário Marcelo Torres no VillageMall, na Barra. Ele, que no mesmo shopping comanda o Nolita e o Giuseppe Mar, volta a apostar na culinária asiática. O foco é a gastronomia japonesa, mas o cardápio está repleto de pratos quentes e de outros países asiáticos, como Tailândia, Vietnã, China e Índia.

— É uma variedade muito grande, e esse é o nosso diferencial. O objetivo também é trazer aquelas pessoas que não querem apenas a tradicional comida japonesa. Se nos concentrássemos apenas nela, perderíamos clientes — comenta Torres.

Uma das opções do menu é o Pad Thai, prato típico da Tailândia, que leva massa de arroz, camarões VG, ovos, amendoim e molho tradicional apimentado. Da Índia, um dos representantes é o Camarão VG ao curry, servido com brotos de coentro, champignon e cubos de abacaxi. Tem ainda os Vietnamese Rools, preparados com massa de arroz e recheio de legumes com hortelã e molho agridoce.

O local oferece também uma variedade de peixes mais facilmente encontrados em restaurantes de São Paulo, como ouriços, enguias e centollas (caranguejos do Pacífico).

— Trazemos de lá justamente porque eles recebem peixes frescos muito bons que não chegam aqui — diz Marcelo Torres.

Para o Yūsha, o empresário criou o que chama de Sushi Jogo da Velha, um prato em formato lúdico com espaço para nove peças sortidas de sushi.

— Vi a imagem de um jogo da velha e decidi inventar isso. É uma forma de fazer uma degustação num formato divertido e levar brincadeira para a mesa — diz.

A seleção de sushis e sashimis conta com opções como pargo, vermelho, robalo, camarão e polvo, além dos raros arenque e salmão do Alasca. Tem também peixes especiais como lagostim maçaricado com bottarga, vieiras com ovas de peixe voador e salsa tartufata e atum com foie gras.

Para a sobremesa, o Biscoito da Sorte com mensagens é servido em um gateau de Nutella com sorvete de morango. Outra opção é Entremet, uma esfera de chocolate branco recheada de kiwi e manga. Já o tradicional Brûlèe aparece repaginado, com sabor matchá.

Além de mesas espalhadas pelo salão, o Yūsha oferece 14 lounges reservados, algo que Marcelo Torres fez questão que o espaço tivesse.

— É um clássico dos restaurantes japoneses que tinha desaparecido. Quis resgatar — diz ele.

Há quase 30 anos, o empresário é dono do Grupo Best Fork Experience, que inclui ainda os restaurantes Giuseppe Grill Leblon, na Zona Sul; e Laguiole Buffet, Xian e Giuseppe, no Centro.

SIGA O GLOBO-BAIRROS NO TWITTER (OGlobo_Bairros)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos