Culto ecumênico volta a ser realizado na posse da Prefeitura do Rio

André Coelho e Luiz Ernesto Magalhães
Foto: Reprodução/Youtube

Neste ano, a posse dos secretários da prefeitura no Palácio da Cidade foi bem diferente da de quatro anos atrás. Na assinatura de Crivella, não houve culto ecumênico, só o ex-prefeito fez uma oração na ocasião. Deste vez, o culto com representantes de diversas religiões voltou a estar presente.