Cultura e lazer em Abu Dabi, a metrópole no deserto

O maior Emirado e a capital dos Emirados Árabes Unidos, Abu Dabi, quer afirmar-se como um destino de eleição no Médio Oriente, moderno e, ao mesmo tempo, recheado de história e cultura.

Das praias da Ilha Saadiyat aos oásis no deserto, há muitas experiências únicas para viver, a nível turístico. Na ilha de Yas, o Yas Waterworld é uma atração virada para as famílias. O parque está dividido em quatro níveis, em função da idade e do nível de adrenalina. O parque é conhecido por ter o maior escorrega aquático do mundo movido por um sistema hidromagnético. A Bandit Bomber com 550 metros de comprimento é a única montanha russa suspensa num parque aquático, a nível mundial.

A tradição do mergulho de pérolas

O mergulho para apanhar pérolas nas águas quentes do Golfo faz parte da herança cultural dos Emirados Árabes Unidos. Uma prática ancestral que está na base da fundação de cidades como Abu Dabi. Inspirada nas tradições, a experiência de mergulho com pérolas de Yas Waterworld é uma das atividades de lazer mais populares.

Praias e gastronomia

Outro destaque, a praia de Mamsha Al Saadiyat, inspirada na Riviera mediterrânica. Um destino gastronómico a 15 minutos de Abu Dabi, com restaurantes, cafés e lojas para todos os gostos.

O Louvre Abu Dhabi

O Louvre Abu Dhabi é o primeiro museu universal do Mundo Árabe. A instituição exibe obras de arte de todo o mundo e colocou Abu Dabi no mapa cultural internacional.

O objetivo da instituição é permitir um intercâmbio cultural entre artistas locais e internacionais e propor uma coleção permanente rotativa, ao lado de obras contemporâneas e históricas.

"Penso que os turistas vêm aqui para ver a obra-prima icónica _The Dome_concebida por um arquiteto francês, Jean Nouvel. A primeira coisa que os turistas devem ver, é sem dúvida, as galerias permanentes. Temos 23 galerias, com obras desde a pré-história à arte contemporânea", disse à euronews Raisa Al Fahim, responsável de comunicação da instituição.

Os encantos do deserto

Em plena envolvência urbana, é fácil esquecer que Abu Dabi fica no meio de um deserto gigantesco. A poucos quilómetros do centro da cidade, a paisagem muda radicalmente.

O Deserto de Liwa serviu de cenário para vários filmes de Hollywood, incluindo um dos filmes da série Guerra das estrelas. "É possível colocar uma câmara no meio do deserto de Liwa e não ver nada, ao fundo, nem fios de telefone, nem aviões, nem carros, nem ruas, nada. Quando filmamos, podemos imaginar uma paisagem alienígena, como Arrakis, em Duna, ou como o planeta da Guerra das Estrelas. É o local perfeito", sublinhou Hans Fraikinm, comissário de Cinema e Televisão da Abu Dhabi Film Commission.

Para os adeptos da natureza, o Deserto de Liwa oferece refúgios únicos que combinam simplicidade e luxo. Uma oportunidade para conhecer a hospitalidade tradicional local.

"A ideia é que os expatriados possam experimentar a nossa cultura. É uma experiência local. Ensinamos-lhes quem somos e de onde vimos", contou Salem Almazrouei, diretor da Liwa Nights Glamping Retreat.