Curado da Covid, Lula retoma viagens com visitas a Minas e ao Nordeste

Depois de permanecer mais de uma semana em isolamento por causa da Covid, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva retoma nesta quarta-feira a sua agenda de viagens pelo país em pré-campanha para tentar voltar ao Palácio do Planalto. Durante a tarde, em Uberlândia, no Triângulo Mineiro, o petista fará o seu primeiro ato ao lado do pré-candidato do governo de Minas, Alexandre Kalil (PSD), desde que os dois fecharam uma aliança.

O ex-governador Geraldo Alckmin (PSB), pré-candidato a vice, e o senador Alexandre Silveira (PSD) também participarão do evento em uma universidade da cidade.

Lula e sua mulher, a socióloga Rosângela de Silva, a Janja, foram diagnosticados com Covid no dia 5. A primeira a sentir os sintomas foi Janja. O ex-presidente ficou praticamente assintomático, participou de reuniões e deu entrevistas de forma virtual.

Ainda dentro da retomada das viagens, na quinta-feira, Lula e Alckmin embarcam para o Rio Grande do Norte. Será a primeira visita do ex-governador, como pré-candidato a vice, ao Nordeste, região onde o seu companheiro de chapa tem os seus melhores índices de intenção de voto.

Em Natal, capital do estado que é governado pela petista Fátima Bezerra, os pré-candidatos a presidente e a vice visitam a Feira Nordestina de Agricultura Familiar. O evento deve ter a participação de todos os governadores da região, com exceção de Carlos Brandão (PSB), do Maranhão, que enfrenta problemas de saúde.

Na sexta, a dupla estará em Maceió. Lula tem aliança no estado com o grupo do senador Renan Calheiros (MDB). No sábado, eles visitam Aracaju.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos