CureVac descarta candidata a vacina contra Covid-19 e foca em vacina de segunda geração

·1 minuto de leitura
Voluntário recebe uma dose da vacina CureVac ou Placebo, em Bruxelas

BERLIM (Reuters) - A CureVac irá desistir de sua candidata a vacina contra Covid-19 de primeira geração e se concentrará na colaboração com a GSK para desenvolver tecnologia de vacina de mRNA de segunda geração, disse a empresa de biotecnologia com sede na Alemanha nesta terça-feira.

As ações da empresa despencaram quase 14% no pregão da tarde, atingindo seu nível mais baixo desde agosto passado.

A CureVac afirmou que abandonará seu pedido de aprovação regulatória da Agência Europeia de Medicamentos para sua candidata a vacina de primeira geração, CVnCoV, depois que os testes em estágio final apontaram resultados decepcionantes em junho, com eficácia de 47%.

Haveria uma possível sobreposição de cronogramas de aprovação para uma candidata de segunda geração.

A empresa disse que espera iniciar testes em humanos para sua vacina de segunda geração nos próximos meses, com o objetivo de aprovação regulatória em 2022. Os resultados de testes em animais em estágio inicial mostraram forte potencial do imunizante em comparação com o original, segundo a empresa.

A empresa alemã cancelou contratos de fabricação no mês passado para a CVnCoV com dois parceiros em potencial.

(Reportagem de Zuzanna Szymanska e Josephine Mason)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos