CUSTO da cesta básica no Rio chega a R$ 462,57

Cesta de produtos no Rio é a terceira mais cara do país

O custo da cesta básica no Rio de Janeiro chegou a R$ 462,57, no mês de outubro, considerada a terceira mais cara do país. Segundo a Pesquisa Nacional da Cesta Básica de Alimentos, do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), realizada em 17 capitais, o custo do conjunto de alimentos essenciais, a cesta básica, aumentou em nove cidades e diminuiu em oito. As altas mais expressivas foram registradas em Brasília (5,21%), Campo Grande (3,10%) e Goiânia (1,12%). No Rio de Janeiro, o aumento mensal foi de 0,95%. Já a variação em 12 meses chegou a 4,26% As quedas mais importantes foram observadas em Natal (-3,03%) e João Pessoa (-2,34%).A capital com a cesta mais cara foi São Paulo (R$ 473,59), seguida por Porto Alegre (R$ 463,24), Rio de Janeiro (R$ 462,57) e Florianópolis (R$ 458,28). Os menores valores médios foram observados em Aracaju (R$ 325,01) e Natal (R$ 341,90).O Dieese calcula ainda que o trabalhador remunerado pelo piso nacional comprometeu, em setembro, 43,68% do seu orçamento para adquirir os produtos essenciais da cesta básica de alimentos. Esse cálculo é feito já levando em consideração o desconto referente à contribuição à Previdência Social.No mês anterior, esse percentual ficou maior, em 44,66%. Em setembro de 2018, quando o salário mínimo valia R$ 954, a compra demandava 42,29% do montante líquido recebido, segundo o Instituto.chamada Dona SocorroEnvie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Extra (21 99644 1263).