CVC sofre ataque hacker; viagens e reservas não foram impactadas segundo a empresa

·1 minuto de leitura

RIO — O site da CVC Corp, detentora de marcas como a CVC, foi alvo de um ataque cibernético, sendo necessário acionar protocolos de segurança.

O site da holding, no endereço www.cvccorp.com.br, não estava acessível no início da tarde deste domingo. O site da operadora de turismo CVC (www.cvc.com.br) funcionava normalmente, mas trazia um comunicado sobre o ataque.

Leia também

 Segundo o comunicado na página, foram acionados os protocolos de segurança e a empresa está atuando para mitigar os possíveis efeitos da invasão. 

A empresa destaca que o embarque de clientes com viagens marcadas e as reservas confirmadas não foram impactadas. A central de atendimento está temporariamente indisponível.

A empresa não informou que tipo de dados poderiam ter sido acessados. "Neste momento, a companhia está atuando de forma diligente para mitigar os efeitos do ocorrido e preservar a continuidade dos seus negócios", informa o comunicado.

Outras empresas brasileiras foram vítimas de cibercrimes este ano. Em agosto, o e-commerce das Lojas Renner chegou a sair do ar, após o sistema da companhia ser alvo de um ataque cibernético.

Antes disso, a JBS foi vítima de um ataque cibernético organizado que afetou servidores que dão suporte a seus sistemas de TI na América do Norte e na Austrália. A empresa chegou a cancelar turnos em fábricas nos EUA e Canadá. 

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos