Cyberpunk 2077 | Após adiamento, desenvolvedores são ameaçados em rede social

Wagner Wakka
·3 minuto de leitura

O novo adiamento de Cyberpunk 2077 está gerando dor de cabeça para os desenvolvedores, que precisam correr para terminar o título. Não bastasse a alta carga de trabalho, eles ainda estão recebendo ameaças de morte em suas redes sociais. Pelo Twitter, o game designer sênior, Andrzej Zawadzki, se defendeu: “Somos pessoas, exatamente como vocês”.

Nesta terça-feira (27), a CD Projekt Red anunciou que vai precisar de mais 21 dias para polir Cyberpunk 2077. Em reunião para investidores, a empresa deixou claro que o problema está sendo em otimizar o título para a atual geração de consoles.

Pelo Twitter, o desenvolvedor compartilhou uma foto com mensagens que recebeu em seu perfil pessoal. “Eu sei onde você mora, cara. Lance o jogo ou você está acabado. Lance Cyberpunk ou você e sua família serão perseguidos. Vou queimar você vivo se não lançar o jogo."

Embora seja uma série ameaça, o desenvolvedor diz que este foi um dos recados mais leves que recebeu. “Tem coisa muito, muito pior. Todas elas estão sendo reportadas. Não vamos deixar isso passar. Não menospreze isso. Não ignore. Isso é sério”, apontou o desenvolvedor.

Também pelo Twitter, ele se defendeu e argumentou com a comunidade: “Queria dizer uma coisa sobre o adiamento de Cyberpunk. Entendo que vocês estão bravos, desapontados, e querem que suas vozes sejam ouvidas a respeito disso. Entretanto, enviar ameaças de morte para os desenvolvedores é absolutamente inaceitável e apenas errado. Somos pessoas, exatamente como vocês”, rebateu.

Desconversa

O desagrado (injustificável) pode ser proveniente da promessa da CD Projekt Red em 26 de outubro de que Cyberpunk 2077 não seria mais adiado. A conta oficial da empresa no Twitter publicou que o game sairia em 19 de novembro, sem atrasos, garantindo a data. Contudo, o time de comunicação da empresa disse que não tinha informações sobre o adiamento. Naquele momento, o alinhamento do grupo era de que esta era o prazo final, sem possibilidade de atraso.

A situação ganhou ainda mais polêmica quando foi noticiado que o time de desenvolvedores e comunicação só soube do adiamento junto ao aviso para o público, sem uma nota interna prévia. “A verdade é: nós somos uma empresa de capital aberto e é quase impossível informar todo mundo antes internamente, até por questões legais. Eu sei disso (e estou acostumado), mas pode ser super confuso para pessoas de fora. Em resumo: o Twitter de CP [Cyberpunk 2077] (bem como o estúdio, como este é um canal oficial) não mentiram de propósito”, explicou Mario Döhla, também da equpe de programadores, via Twitter.

Inicialmente, Cyberpunk 2077 seria lançado em abril de 2020. Depois foi adiado para 17 de setembro, seguido de outro adiamento para 19 de novembro. Agora, a expectativa é de que o jogo seja lançado em 10 de dezembro. O game chega para PlayStation 4, Xbox One, PC Windows 10 e Google Stadia, além de contar com versões para PlayStation 5 e Xbox Series X|S.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: