Déficit comercial dos EUA cai 12,2% em fevereiro e as importações diminuem

O déficit comercial dos Estados Unidos caiu 12,2% em fevereiro devido a uma queda acentuada nas importações de mercadorias da China e da União Europeia

O déficit comercial dos Estados Unidos caiu 12,2% em fevereiro devido a uma queda acentuada nas importações de mercadorias da China e da União Europeia, segundo dados publicados nesta quinta-feira (02) pelo departamento do Comércio.

Esse declínio ocorreu como resultado da pandemia de coronavírus, que interrompeu o crescimento econômico mundial alimentado desde a recessão anterior pelo comércio de bens e serviços.

A balança de trocas comerciais de bens e serviços se estabilizou em -39,9 bilhões de dólares, resultado de uma baixa nas exportações de 0,4% equivalente a 207,5 bilhões de dólares e uma queda muito mais acentuada nas importações (-2,5%) em 247,5 bilhões.

A diminuição do déficit comercial registrado em fevereiro esteve quase de acordo com as expectativas dos analistas, que previam um déficit de US$ 40 bilhões.

As importações de bens da China diminuíram 16,7%, resultado da desaceleração da produção, depois que as autoridades chinesas decretaram medidas draconianas como o confinamento da população e o fechamento de fábricas no início do ano, em um esforço para conter a epidemia de coronavírus.

O déficit comercial com a União Europeia diminuiu 14,6%.