Dólar é negociado abaixo de R$ 5,35, com otimismo sobre vacina contra Covid-19

Gabriel Martins

RIO — O avanço na corrida à procura de uma vacina contra a Covid-19 contribui para que o dólar comercial opere em queda nesta quarta-feira. Às 9h15, a moeda americana era negociada com recuo de 0,44%, valendo R$ 5,323.

Na véspera, a farmacêutica americana Moderna anunciou que entrará na fase final de seus testes em seres humanos para a vacina contra o novo coronavírus em 27 de julho.

"Hoje, os mercados ao redor do globo exibem majoritariamente um viés positivo, impulsionados por esperanças renovadas de que surja um tratamento para a Covid-19", escreveram os analistas da Correparti corretora.

A perspectiva de que a produção de uma vacina está próxima é celebrada pelos mercados. Os investidores avaliam que a retomada da economia global será plena somente com a imunização das pessoas, evitando novas ondas da doença.

Já na Ásia, pesou mais o pessimismo. Os índices locais fecharam em queda após o governo americano ter determinado o fim do status especial de Hong Kong para responsabilizar a China pela lei de segurança nacional que impôs à ex-colônia britânica. Pequim afirmou que vai retaliar a medida.

Assim, O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzen, recuou 1,29%.

Nosso objetivo é criar um local seguro e atraente para os usuários se conectarem a interesses e paixões. Para melhorar a experiência de nossa comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários dos artigos.