Dólar abranda alta após saltar 3% e encostar em R$4,95

·1 min de leitura
Funcionária de banco conta notas de 100 dólares em Hanói, Vietnã

SÃO PAULO (Reuters) - O dólar amenizou a alta frente ao real na tarde desta segunda-feira, depois de mais cedo subir 2,99% e bater 4,95 reais, máxima em mais de um mês.

A melhora nos índices em Wall Street, com Dow Jones e Nasdaq voltando a território positivo, ajudou a reduzir a demanda pela moeda dos EUA, descomprimindo as cotações no Brasil.

Às 16:02 (de Brasília), o dólar à vista avançava 1,47%, a 4,8770 reais na venda.

Na B3, o contrato de dólar futuro de primeiro vencimento subia 1,56%, a 4,8850 reais, após subir a 4,957 reais no pico.

(Por José de Castro)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos