Dólar opera em leve alta; Ibovespa tem queda, descolado do exterior

·3 minuto de leitura

RIO — O dólar opera em leve alta ante o real no início desta sexta-feira, em um cenário no qual as moedas emergentes não demonstram um comportamento único no exterior. A divisa caminha para terminar a semana com ganhos. Já a Bolsa abriu em queda, em descompasso com outros mercados pelo mundo.

Por volta de 10h35, a moeda americana era negociada a R$ 5,27, alta de 0,06%. No mesmo horário, o Ibovespa cedia 0,1%, aos 122.322 pontos.

A semana foi marcada pelos temores nos mercados globais após o Federal Reserve, banco central americano, dar indícios de que poderia mudar sua política de estímulos, de acordo com ata da última reunião monetária do banco, divulgada na quarta-feira.

Mas desde quinta-feira, as bolsas ensaiam recuperação, devendo fechar com altas acumuladas na semana.

Entre as ações, as ordinárias da Petrobras (PETR3, com direito a voto) subiam 0,72% e as preferenciais (PETR4, sem direito a voto), 0,69%. Nesta quinta-feira, o presidente Jair Bolsonaro voltou a prometer mudanças nos preços dos combustíveis da estatal, mas ao mesmo tempo afirmou que não vai interferir na estatal.

As ordinárias da Vale (VALE3) tinham baixa de 0,60%.

“Acreditamos em uma abertura de viés positivo para ativos locais, que deverão se beneficiar dos ventos favoráveis advindos do exterior”, escreveram analistas da Guide Investimentos em nota matinal.

Nova metodologia

O pregão desta sexta-feira é o primeiro com a nova metodologia sobre o vencimento de opções sobre ações na B3.

As opções sobre ações são instrumentos que garantem o investidor o direito de comprar ou vender um papel em uma data futura por um preço pré-determinado a fim de minimizar os riscos de oscilação do ativo.

Com a nova metodologia, a negociação desses ativos poderá ser feita no dia em que o investidor precisar decidir se vai ou não exercer o direito de comprar ou vender esse investimento.

Além disso, a data de vencimento de uma opção passará a ser a terceira sexta-feira do mês de vencimento. Outra mudança é em relação ao horário. No modelo antigo, o exercício ocorre até às 13 horas, mas agora, ocorrerá após o pregão regular, com 30 minutos de after market.

Bolsas no exterior

Nos Estados Unidos, as bolsas operam em alta. Por volta de 10h50, no horário de Brasília, o índice Dow Jones subia 0,81% No S&P, a alta era de 0,54% e, em Nasdaq, de 0,22%.

As bolsas europeias operam em alta nesta sexta-feira, influenciadas por dados positivos de atividade da zona do euro. O índice de gerente de compras da zona subiu 56,9 pontos em maio ante 53,8 pontos da leitura anterior.

Esse é o maior valor desde fevereiro de 2018, indicando uma melhora na atividade econômica.

Também por volta de 10h50, em Brasília, a Bolsa de Frankfurt subia 0,42% e, a de Paris, 0,64%. Em Londres havia estabilidade.

As bolsas asiáticas fecharam em alta. O índice Nikkei, da Bolsa de Tóquio, subiu 0,8% e em Hong Kong, houve alta de 0,1%. A exceção foi a China, com baixa de 0,6%.

No acumulado da semana, Tóquio teve ganhos de 0,83% e Hong Kong, de 1,54%. Na China, houve perda de 0,11%.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos