Dólar tem volatilidade e Ibovespa recua, com investidor reagindo a dados no varejo

·3 minuto de leitura

RIO — O dólar opera com volatilidade ante o real no pregão desta terça-feira. No cenário interno, os investidores reagem aos dados do varejo em abril, que vieram acima das expectativas do mercado. O índice Ibovespa, por sua vez, apresenta baixa desde os primeiros movimentos do dia. O destaque vai para empresas ligadas à retomada da economia e para as varejistas.

Por volta de 12h45, a moeda americana era negociada a R$ 5,02, baixa de 0,19%. No mesmo horário, o Ibovespa cedia 0,11%, aos 130.638 pontos.

O índice vem de seis renovações consecutivas de seu maior patamar histórico e tenta superar a barreira dos 131 mil pontos.

No exterior, os agentes de mercado aguardam mais dados sobre a inflação americana, que serão divulgados na quinta-feira.

"Esperamos uma abertura de viés neutro/positivo para ativos de risco locais, condicionado ao desempenho do varejo entrando no 2º trimestre de 2021", escreveram analistas da Guide Investimentos, em nota matinal.

Acima do esperado

Segundo dados divulgados pelo IBGE, as vendas no varejo apresentaram alta de 1,8% em abril na comparação com o mês anterior. Essa é a maior taxa para o mês desde 2000.

Na comparação com abril do ano passado, o volume de vendas no varejo cresceu 23,8%. O resultado de abril é superior às projeções de agentes de mercado.

Varejistas sobem

Entre as ações, as ordinárias da Petrobras (PETR3, com direito a voto) subiam 2,23% e as preferenciais (PETR4, sem direito a voto), 1,41%. As ordinárias da Vale cediam 0,29%.

Impulsionadas pelos dados do IBGE, as ordinárias de varejstas subiam. As da Magalu (MGLU3) avançavam 1,30%. As da Via (VVA3), 2,39% e as da B2W (BTOW3), 0,82%.

Os papéis ordinários das Lojas Americanas (LAME3) subiam 0,97% e os preferenciais (LAME4), 1,19%.

Nas altas, destaque para as ordinárias da CVC (CVCB3), que subiam 5,32%. A companhia informou que deve preparar uma oferta de ações com potencial para levantar entre R$ 400 milhões a R$ 500 milhões, sendo a última etapa de uma capitalização de R$ 1,1 bilhão que teve início no ano passado

Nas baixas, os papéis ordinários da Caixa Seguridade (CXSE3) cediam 3,82%. Em fato relevante enviado ao mercado após o fechamento desta segunda-feira, a Caixa Seguridade informou que Eduardo Dacache renunciou ao cargo de diretor presidente da instituição. O texto cita "motivos pessoais e familiares".

O executivo deixa a subsidiária da Caixa pouco mais de um mês depois de a empresa estreiar na Bolsa com uma oferta inicial de ações (IPO) que rendeu mais de R$ 4 bilhões para a Caixa.

Bolsas no exterior

Nos Estados Unidos, as bolsas operavam no negativo. Por volta de 12h45, no horário de Brasília, o índice Doe JOnes cedia 0,09%. No S&P, a queda era de 0,30% e Nasda rondava a estabilidade.

Na Europa, as bolsas fecharam com sinais contrários. A Bolsa de Londres subiu 0,35%. Em Frankfurt, houve queda de 0,15%. O indice CAC 40, da Bolsa de Paris, subiu 0,22%.

As bolsas asiáticas fecharam no negativo. O índice Nikkei, da Bolsa de Tóquio, cedeu 0,19%. Em Hong Kong, houve queda de 0,14% e, na China, de 0,54%.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos