Dado Villa-Lobos e Marcelo Bonfá lançam abaixo-assinado pelo uso do nome 'Legião Urbana'

·1 minuto de leitura

Marcelo Bonfá e Dado Villa-Lobos, que, junto a Renato Russo, formaram a Legião Urbana, lançaram um abaixo-assinado nesta sexta-feira. A campanha tem o objetivo de fazer com que os músicos possam usar o nome da banda em impedimento. Atualmente, o representante legal da marca "Legião Urbana Produções Artísticas Ltda" é Giuliano Manfredini, filho de Renato Russo, morto em outubro de 1996.

No texto da petição online, eles explicam que, em 2015, os músicos decidiram retornar aos palcos para celebrar os 30 anos do lançamento do primeiro disco da banda, chamado de "Legião Urbana". Acrescentam que estavam respaldados por uma sentença do Tribunal de Justiça do Rio, que proibia a "Legião Urbana Produções Artísticas" de "continuar dificultando ou impedindo que os referidos integrantes da banda fizessem uso da marca/nome".

Ainda conforme consta da descrição do abaixo-assinado, o filho de Renato Russo resolveu entrar com um recurso na Justiça, através de uma ação recisória:

"O herdeiro resolveu entrar com uma Ação Recisória para anular a sentença e com isso impossibilitar definitivamente que Dado e Bonfá se apresentem tocando o repertório que foi construído e eternizado por eles ao lado de Renato Russo e Renato Rocha, os verdadeiros titulares do patrimônio cultural e artístico da banda Legião Urbana."

Dado publicou uma foto do abaixo-assinado e colocou o link de acesso em seu perfil no Instagram. Além disso, o músico agradeceu ao apoio dos fãs: "Obrigado, legionários". Até o fechamento desta publicação, a petição já contava com cerca de 13 mil assinaturas.