Damar Hamlin publica pela primeira vez após parada cardíaca em jogo da NFL: 'Longo caminho'

O jogador de futebol americano Damar Hamlin publicou nas redes sociais pela primeira vez desde que sofreu uma parada cardíaca durante jogo da NFL, na última segunda-feira. Para o defensor do Buffalo Bills, tudo o que vem passando nos últimos dias vai torná-lo uma pessoa mais forte, mas reconhece que ainda há "um longo caminho" pela frente.

Damar Hamlin: atleta da NFL tem 'melhora notável' nas últimas 24h, diz clube

Doações: Projeto de caridade de Damar Hamlin recebe milhões dólares após atleta ter parada cardíaca em jogo da NFL

"Quando você coloca amor verdadeiro no mundo, ele volta para você 3 vezes mais. O amor tem sido enorme, mas sou grato por cada pessoa que orou por mim e estendeu a mão. Nós reunimos o mundo por trás disso. Se você me conhece, sabe que isso só vai me deixar mais forte. Em um longa caminho continue orando por mim", afirmou.

Conforme o último boletim médico divulgado pelo Buffalo Bills, o estado de saúde de Hamlin permanece crítico, embora o atleta tenha apresentado alguma melhora.

"De acordo com os médicos do Hospital da Universidade de Cincinnati, Damar está progredindo continuamente em sua recuperação, mas permanece em estado crítico. Ele continua respirando sozinho e sua função neurológica é excelente", informou o clube.

O Buffalo Bills confirmou na última semana que Hamlin sofreu uma parada cardíaca em campo, no jogo contra o Cincinnati Bengals. O defensor de 24 anos desmaiou na noite de segunda-feira depois de receber uma forte pancada no peito enquanto lutava contra o wide receiver Tee Higgins, do Cincinnati, durante o primeiro quarto do jogo fora de casa dos Bills.

Hamlin foi atendido ainda em campo e levado do estádio para um hospital, enquanto o jogo foi interrompido com o Bills perdendo por 7–3.

Os dirigentes da equipe disseram em um comunicado na terça-feira que o coração de Hamlin parou depois que ele foi atingido durante uma jogada no primeiro quarto. Seu batimento cardíaco foi restaurado pela equipe médica em campo antes de Hamlin ser levado ao Centro Médico da Universidade de Cincinnati.