Dançarino brasileiro é morto a facadas em rua de Amsterdã; polícia investiga briga de trânsito

·2 minuto de leitura

RIO — Um brasileiro de 45 anos foi morto na madrugada de domingo numa rua do centro de Amsterdã, na Holanda. Ele foi dentificado como Marcos Coelho, um dançarino que também trabalhava com eventos de carnaval.

A polícia local informou, por meio de um comunicado, que dois suspeitos foram presos em flagrante e um terceiro, que estava ferido, foi encaminhado a um hospital da região, onde está sob custódia. Acredita-se que o crime tenha acontecido durante uma briga de trânsito, segundo testemunhas. O brasileiro estaria dentro de um carro quando começou a confusão, informaram jornais holandeses.

De acordo com a investigação, a vítima foi ferida com golpes de arma branca pouco depois da meia-noite de domingo na rua Rozengracht, perto da igreja Westerkerk. Marcos foi reanimado no local do crime pelo serviço de emergência e, logo depois, hospitalizado, mas não resistiu aos ferimentos e morreu na unidade de saúde.

Os dois suspeitos presos em flagrante não tiveram identidade revela, mas a polícia disse que são dois homens, um de 34 anos e um de 35. Ainda de madrugada, foi localizado o terceiro suspeito, de 29 anos, na área do canal Keizersgracht. Por estar ferido, ele foi detido e conduzido a um hospital. A polícia continua investigando o caso e pede cooperação de testemunhas para relatar o episódio.

Comoção nas redes sociais

Amigos e ex-alunos de Marcos Coelho mostraram bastante surpresa em receber a notícia de sua morte em por causa de uma briga em Amsterdã, onde ele morava havia vários anos. Diversas postagens de luto deixadas nas redes sociais descrevem o dançarino como uma pessoa querida, sorridente e tranquila. Seus conhecidos ficaram espantados com a violência cometida contra ele.

Como uma homenagem, um grupo combinou de se reunir em frente à igreja Westerkerk nesta segunda-feira. Numa publicação no Facebook, uma amiga de Marcos pediu que quem fosse ao local levasse cartazes, bandeira, flores ou fosse vestido com uma camisa que prestasse tributo à vítima.

"Contamos com a presença de todos amigos, conhecidos e pessoas que ficaram sentidas com o acontecido", disse a autora do post.

Outros amigos também se manifestaram com mensagens de despedida a Marcos:

"Que notícia triste. Descanse em paz, Marcos Coelho, deixando muitas saudades, da sua alegria e dança que a todos encantavam! Que Deus console a todos. Infelizmente não o encontraremos mais pelas festas em Amsterdam. Que o céu o receba com a mesma alegria que você oferecia aqui na Terra. Que a justiça seja feita", lamenta uma postagem.

"Horrível a notícia, uma discussão de trânsito custou a vida de uma pessoa muito querida, alegre e jovem de 45 anos, Marcos Coelho descanse em paz e que Deus conforte o coração de toda sua família, muito triste essa notícia, e que justiça seja feita", afirma outra.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos