Dani Alves fará série na Copa do Mundo: "The Last Samba"

Com convocação contestada, Dani Alves registra imagens de seus treinamentos desde antes da definição de Tite.
Com convocação contestada, Dani Alves registra imagens de seus treinamentos desde antes da definição de Tite. Foto: (Jonathan Moscrop/Getty Images)

Tendo aproveitado parte do segundo semestre para aprimorar seu condicionamento físico, dada a sua idade avançada, o lateral-direito Daniel Alves tem registrado, desde dias antes da convocação de Tite, imagens de sua preparação para que se torne a segunda temporada de uma série documental sobre a vida do jogador.

Com nome provisório de "The Last Samba", a produção cinematográfica tem previsão de lançamento para o próximo ano, sem ter um mês ou dia específico para que seja divulgado o material. "Crazy Dream", a primeira temporada, é disponibilizada pela FIFA+, serviço de streaming da entidade, e tem seis episódios.

Leia também:

Tite explica convocação

Nome que mais causou frisson na convocação do técnico Tite para a Copa do Mundo, Daniel Alves, aos 39 anos, se tornou o jogador mais velho da história a ser convocado para um Mundial. Djalma Santos, então detentor da marca, disputou a Copa de 1966 com 37 anos de idade.

Tendo sua questão física questionada por causa do baixo número de partidas disputadas nesta temporada (foram 12 pelo Pumas, do México), Dani Alves foi defendido pelo comandante da Seleção Brasileira: "O critério do Daniel Alves é o critério de todos. Ele premia qualidade técnica individual, premia seu aspecto físico e traz seu aspecto mental. Tal qual os outros. Alguns com mais de uma qualidade, outros com mais de outra. Os laterais na equipe brasileira não atuam como pontas. São laterais construtores. E a qualidade técnica que ele empresta nesse sentido é impressionante. Não vai ter 60/70 metros de ida e volta". Preparador físico da Seleção, Fábio Mahseredjian comentou sobre o condicionamento do experiente jogador: "Ele estava com baixos níveis de potência e força. Isso foi falado a ele. Eu disse que precisava melhorar esses níveis e ele me respondeu: 'Missão dada, missão a ser cumprida e será cumprida'. Ele é o mesmo Dani Alves que veio conosco em 2022 e nas Olimpíadas de 2021. No aspecto físico, ele se encontra apto".