Daniel Alves bate recorde de 55 anos e se torna brasileiro mais velho convocado para Copa do Mundo

O técnico Tite anunciou, nesta segunda-feira, na sede da CBF, os 26 jogadores convocados para defender a seleção brasileira na Copa do Mundo de 2022, no Catar. Daniel Alves foi a grande surpresa. E seu nome na lista o fez atingir um recorde: ele se tornou o brasileiro mais velho a ser convocado para Copa do Mundo.

Tabela da Copa: Datas, horários e grupos do Mundial do Catar

Simulador: você decide quem será campeão da Copa do Catar

Aos 39 anos, Daniel Alves superou o recorde do ex-lateral direito Djalma Santos, que foi convocado com 37 quando a lista para o Mundial de 1966, na Inglaterra, foi anunciada.

Curiosamente, Thiago Silva, de 38 anos, também superou Djalma Santos, mas ficou atrás na lista se Daniel Alves, que também foi convocado para o Mundial do Catar.

Ao mesmo tempo, Thiago Silva também é recordista pois este é o máximo de convocações para Mundiais que um atleta brasileiro já conseguiu na história. A lista que o zagueiro divide é renomada e tem nomes como Pelé, Cafu e Ronaldo Fenômeno. Confira:

Thiago Silva (2010, 2014, 2018 e 2022)

Pelé (1958, 1962, 1966 e 1970)

Nilton Santos (1950, 1954, 1958 e 1962)

Castilho (1950, 1954, 1958 e 1962)

Djalma Santos (1954, 1958, 1962 e 1966)

Emerson Leão (1970, 1974, 1978 e 1986)

Cafu (1994, 1998, 2002 e 2006)

Ronaldo (1994, 1998, 2002 e 2006)

Atualmente, Antonio Carbajal e Rafael Márquez (México) e Lothar Matthaüs (Alemanha) detêm o recorde de maior número de Mundiais disputados – cinco Copas. Cristiano Ronaldo e Lionel Messi (Argentina) jogaram em 4 Copas do Mundo e este ano vão igualar o recorde.

Você escala: quais os seus 11 titulares do Brasil na Copa do Mundo