Daniel Silveira afirma que não está usando tornozeleira eletrônica

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Daniel Silveira afirma que não está usando tornozeleira eletrônica (Foto: Andressa Anholete/Getty Images)
Daniel Silveira afirma que não está usando tornozeleira eletrônica (Foto: Andressa Anholete/Getty Images)
  • Daniel Silveira afirma que não está usando tornozeleira eletrônica

  • Segundo o deputado federal, "nem era" para ele ter utilizado o equipamento

  • Parlamentar colocou a tornozeleira eletrônica no dia 31 de março, após determinação de Alexandre de Moraes, do STF

O deputado federal Daniel Silveira (PTB-RJ) admitiu nesta terça-feira (26) que estava sem tornozeleira eletrônica. A informação é do portal g1.

Nos corredores do Congresso Nacional, jornalistas perguntaram para o parlamentar, que disse que "nem era" para ele ter utilizado o equipamento.

O deputado bolsonarista colocou a tornozeleira eletrônica no dia 31 de março, após o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinar uma multa diária de R$ 15 mil caso continuasse resistindo colocar o equipamento.

Na semana passada, o Supremo condenou o parlamentar a oito anos e nove meses de prisão em regime fechado por estimular atos antidemocráticos e atacar instituições, como a própria Corte.

Nove dos onze ministros acompanharam a decisão do relator Alexandre de Moraes: Luiz Edson Fachin, Luís Roberto Barroso, Rosa Weber, Dias Toffoli, Cármen Lúcia e Ricardo Lewandowski, Gilmar Mendes e Luiz Fux.

André Mendonça também votou a favor da condenação de Silveira, mas defendeu uma pena de dois anos e quatro meses em regime aberto. Já Kassio Nunes Marques votou pedindo a absolvição do deputado.

No dia seguinte, o presidente Jair Bolsonaro (PL) concedeu o indulto ao deputado durante uma live em seu canal no Youtube. Com a decisão, Daniel Silveira vai ter perdão da pena e não perderá o mandato na Câmara dos Deputados, em Brasília.

Apesar da graça concedida, o deputado federal ainda precisa utilizar a tornozeleira eletrônica.

Na segunda (25), porém, a Secretaria de Administração Penitenciária do Distrito Federal informou ao STF que o equipamento instalado em Daniel Silveira está descarregado desde o dia 17 de abril.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos