Danuza Leão nua, com Pelé e mais: Veja momentos icônicos da cronista, falecida aos 88 anos

Danuza Leão viveu muitos momentos icônicos ao longo de seus 88 anos. Do início nas passarelas em Paris, passando pelos encontros com Pelé, até as participações de obras emblemáticas na TV e no cinema. A jornalista morreu na noite da última quarta-feira, no Rio, de insuficiência respiratória, ocasionada por um enfisema pulmonar. A seguir, veja fotos da cronista que atravessou gerações.

A jornalista, nascida em 1933, completaria 89 anos no próximo dia 26 de julho. Nasceu na cidade de Itaguaçu, no Espírito Santo. Aos 10, mudou-se com a família para o Rio de Janeiro.

Na França, com apenas 17 anos, Danuza procurou o estilista Jacques Fath, que lhe arranjou seu primeiro desfile. Ganhava uma “ninharia”, mas ficou famosa no Brasil depois a revista Manchete publicar uma capa com a chamada “Danuza conquista Paris”. “Não era bem assim, mas os brasileiros acreditaram”, confessou em seu livro de memórias. “Foi em Paris que conheci o mundo da sofisticação.”

Danuza teve três casamentos: o primeiro com o jornalista Samuel Weiner, fundador do extinto jornal Última Hora; o segundo com o cronista Antônio Maria e o terceiro, com o também jornalista Renato Machado. Em todas as décadas, nunca escondeu a paixão por cigarros, gatos e a moda. Em sua 36ª mudança de apartamento, no ano de 2011, carregou no caminhão o que considerava mais essencial: dois casacos de pele, três vestidos de festas, dois ternos pretos (um Chanel e outro Armani), 24 calças jeans, uma dúzia de de casacos de cashmere e outra de camisetas. Sofreu mais na hora de fazer a triagem dos sapatos, alguns dos tempos de passarela, mas nenhum salto alto. “Não sei se fiz a coisa certa”, esquivou-se à época, sobre ter desapegado de alguns peças.

Naquele momento, o que a consolava eram os sapatos Yves Saint Laurent e Chanel que continuavam intactos por lá, alguns degraus acima dos tênis que usavam para fazer pilates. Além da malhação, adotou uma dieta à base de alface e jabuticaba para manter o corpo do jeito que a agradava.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos