Datafolha: 39% avaliam que Lula agiu bem durante ataques terroristas no DF

Pesquisa Datafolha realizada entre terça e quarta-feira aponta que, para 39% dos entrevistados, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva cumpriu seu papel na crise das invasões a prédios do Três Poderes, feitas por bolsonaristas terroristas, no domingo, dia 8. Ao contrário, com pequena diferença, 37% acham que Lula fez menos do que devia. Entre os ouvidos, ainda, 15% consideram que o presidente fez mais do que o esperado e 9% preferiram não opinar.

Pesquisa Datafolha: 93% dos brasileiros condenam ataques terroristas

Num recorte da pesquisa, entre o público mais rico, que recebe mais de dez salários-mínimos, 51% dizem que Lula ficou aquém do esperado. O Datafolha ouviu 1.214 eleitores, por telefone em todo o Brasil. A margem de erro da pesquisa é de três pontos para mais ou para menos.

Já o governo do Distrito Federal se saiu pior, na avaliação medida pelo Datafolha. De acordo com os números apurados, 61% dos brasileiros ouvidos consideram que o governador Ibaneis Rocha (MDB), que está afastado do cargo por 90 dias, por decisão do ministro Alexandre de Moraes, falhou na repressão aos bolsonaristas golpistas. Apenas 23% fizeram avaliação positiva e 4% acreditam que Ibaneis se superou. Não opinaram 12%.

Para 63% dos entrevistas, as forças de segurança do DF também não agiram a contento para reverter a quebradeira e violência dos vândalos. Já para 24%, a polícia do DF cumpriu seu papel, enquanto 6% acham que até excederam suas funções. Não souberam opinar 7% dos entrevistados.