Datafolha: 54% dos brasileiros acreditam em título da seleção na Copa do Catar

A três meses e meio do início da Copa do Mundo, pouco mais da metade dos brasileiros acreditam em título da seleção brasileira. De acordo com uma pesquisa do Datafolha divulgada pelo jornal Folha de S. Paulo, 54% dos entrevistados apostam que Tite, Neymar e cia voltarão do Catar com a taça.

O comparativo histórico mostra que o otimismo do brasileiro se recuperou levemente. Antes do Mundial da Rússia, em 2018, apenas 48% acreditavam num triunfo da Amarelinha. Mas a seleção ainda não retornou ao patamar anterior ao 7 a 1, quando, às vésperas do Mundial de 2014, em casa, o nível de confiança atingira 68%.

Índices semelhantes foram aferidos antes das Copas de 2002 e 2010, ambas com 64% de aposta em vitória da seleção. Mas nada perto dos 83% de confiança no time que disputaria a edição de 2006.

O novo levantamento do Datafolha foi feito entre os dias 27 e 28 de julho, ouvindo 2.556 pessoas de 16 anos ou mais em 183 municípios. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos, com um nível de confiança de 95%.

A segunda resposta mais comum à pergunta "quem vencerá a Copa do Mundo do Catar?" foi "não sei", indicada por 31% dos entrevistados. O restante do favoritismo se pulveriza entre Alemanha (5%), França (5%), Argentina (2%) e Espanha (1%). Outras equipes somam 2%.

A pesquisa Datafolha apresenta também um recorte por idade. Ele mostra que a confiança no Brasil é maior entre os mais jovens (63% na faixa entre 16 e 24 anos) e menor no grupo intermediário (50% dos que têm entre 35 e 44 anos). Os índices são mais próximos da média nos outros blocos: 57% de 25 a 34 anos; 52% de 45 a 59 anos; e 53% entre quem tem 60 anos ou mais.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos