Datafolha: 64% da população reprova demissão de Mandetta

·1 minuto de leitura
BRASILIA, BRAZIL - MARCH 18: (L-R) President of Brazilian Jair Bolsonaro and Health Minister Luiz Henrique Mandetta wear protective masks during a press conference about government plans and measures about the Coronavirus (COVID-19) Outbreak in Brazil, at the Planalto Palace on March 18, 2020 in Brasilia, Brazil. (Photo by Andre Coelho/Getty Images)
Jair Bolsonaro e Luiz Henrique Mandetta em coletiva no dia 18 de março (Andre Coelho/Getty Images)

A decisão do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) de demitir o ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta durante a pandemia do novo coronavírus foi reprovada por 64% da população, segundo pesquisa realizada pelo Datafolha.

De acordo com os números da pesquisa, 36% das pessoas acham que a condução da crise irá piorar sem a presença de Mandetta, enquanto 32% dos entrevistados acreditam que será melhor com o novo ministro da Saúde, Nelson Teich.

Leia também:

A pesquisa foi realizada nesta sexta (17) e entrevistou 1.606 pessoas por telefone. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou menos.

Outro assunto da pesquisa foi a imagem do presidente como gestor durante a crise, com oscilação positiva dentro da margem de erro. Em relação ao dados colhidos de 1º a 3 de abril, a aprovação de Bolsonaro subiu de 33% para 36%, enquanto os descontentes caíram de 39% para 38%.

Siga o Yahoo Notícias no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos