Datafolha: Em MG, Zema lidera disputa pelo governo e Kalil aparece em 2º

O governador de Minas Gerais e pré-candidato à reeleição Romeu Zema (Novo) lidera a disputa pelo governo mineiro com 48% das intenções de voto no primeiro turno, contra 21% do ex-prefeito de Belo Horizonte Alexandre Kalil (PSD), de acordo com pesquisa Datafolha divulgada na tarde desta sexta-feira.

Em terceiro lugar, aparecem empatados o senador Carlos Viana (PL), com 4% das intenções de voto, Vanessa Portugal (PSTU), com 3%; Renata Regina (PCB) e Miguel Corrêa (PDT), ambos com 2%; e Marcus Pestana (PSDB), Lorene Figueiredo (PSOL) e Saraiva Felipe (PSB), os três com 1%. Saraiva retirou a candidatura nesta semana.

Declararam que não sabem em quem votar 10% dos entrevistados e 8% afirmaram que vão votar em brando, nulo ou em nenhum dos candidatos.

A pesquisa eleitoral teve entrevistou 1.204 pessoas entre os dias 29 de junho e 1º de julho e tem um nível de confiança de 95%, com margem de erro de três pontos percentuais para mais ou para menos. O levantamento foi registrado junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo MG-07688/2022.

De acordo com o instituto, 59% dos entrevistados indicam, na pesquisa espontânea não saber em quem votar. O governador Zema é citado por 22%, o dobro dos que declaram preferir Kalil (11%). Nas cidades do interior do estado, a diferença é maior: de 52% a 14%. Em Belo Horizonte, onde Kalil foi prefeiro, o pré-candidato ganharia por 46% a 32%.

Kalil tem o apoio do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), enquanto que Zema, embora não seja o candidato de Bolsonaro, tenh a simpatia do presidente e de seus apoiadores. O ex-prefeito de Belo Horizonte De fato, tem 31% dos votos entre os eleitores de Lula em Minas Gerais, e a preferência de apenas 8% dos que declaram votar em Bolsonaro. O atual governador lidera entre os eleitores de Lula (38%) e tem ampla vantagem entre os do atual presidente: 71% dos bolsonaristas em Minas Gerais declaram voto em Zema.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos