Datafolha: Lula mantém vantagem no Nordeste e entre mais pobres; Bolsonaro lidera entre evangélicos e empresários

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

A nova pesquisa Datafolha, divulgada nesta quinta-feira, mostra estabilidade no perfil do eleitorado que pretende votar no ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ou no presidente Jair Bolsonaro (PL), que lideram a disputa presidencial com 47% e 28% dos votos, respectivamente. O petista continua com ampla vantagem no Nordeste, entre mais pobres, menos escolarizados e também no eleitorado mais jovem.

A pesquisa ouviu 2.556 eleitores em 181 cidades nos dias 22 e 23 de junho e tem margem de erro de dois pontos para mais ou menos. No Nordeste, Lula soma 58% dos votos, contra 19% de Bolsonaro. Já entre o eleitorado que ganha até 2 salários mínimos e que representa pouco mais da metade da amostra populacional do Datafolha, Lula também vence o presidente por 56% a 22%. O petista tem ainda vantagem entre os mais jovens (54% a 24%) e menos escolarizados (56% a 22%).

Entre os evangélicos, Bolsonaro lidera e se distanciou de Lula, a ponto de deixar o empate técnico. O atual presidente tem entre eles 40%, ante 35% de Lula. Em maio, os percentuais eram 39% e 36%. Bolsonaro também vai melhor do que seu desempenho geral entre os homens (36%, contra 44% de Lula) e nos segmentos com maior renda. O presidente soma 44% entre aqueles com renda mensal de 5 a 10 salários mínimos e 47%, entre os que ganham mais de 10 salários mínimos. Entre os empresários, Bolsonaro tem 43% dos votos. O presidente tem também resultado melhor no Centro-Oeste, onde chega a 40% de intenções de voto.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos