Datafolha: Russomanno cai 7% e Covas assume liderança em SP

Redação Notícias
·2 minuto de leitura
Sao Paulo's Mayor Bruno Covas poses during an interview with AFP at the City Hall of Sao Paulo, Brazil on May 21, 2020. - The mayor of Sao Paulo Bruno Covas, who has been fighting cancer since last year, announced on June 13, 2020 that he had tested positive for the new coronavirus, but assured that he would remain at the head of the largest city in Brazil. (Photo by NELSON ALMEIDA / AFP) (Photo by NELSON ALMEIDA/AFP via Getty Images)
Sao Paulo's Mayor Bruno Covas poses during an interview with AFP at the City Hall of Sao Paulo, Brazil on May 21, 2020. - The mayor of Sao Paulo Bruno Covas, who has been fighting cancer since last year, announced on June 13, 2020 that he had tested positive for the new coronavirus, but assured that he would remain at the head of the largest city in Brazil. (Photo by NELSON ALMEIDA / AFP) (Photo by NELSON ALMEIDA/AFP via Getty Images)

O Datafolha divulgou nova pesquisa de intenção de voto para a prefeitura de São Paulo nesta quinta (22), com Bruno Covas (PSDB) assumindo a liderança, com 23%, enquanto Celso Russomanno desceu para a segunda posição, com 20%.

Em relação ao levantamento publicado no dia 8 de outubro, Russomanno sofreu uma grande queda, de 27% para 20%, enquanto o atual prefeito Covas subiu dois pontos percentuais, pulando de 21% para 23%. Por causa da margem de erro, os dois ainda podem ser considerados empatados.

Leia mais sobre a eleição para prefeitos:

Apenas outros dois candidatos chegaram a 10% ou mais de intenção de voto. Guilherme Boulos (PSOL) foi de 12% para 14% e Márcio França (PSB) cresceu de 8% para 10%.

O porcentual de indecisos diminuiu de 4% para 3%, enquanto os brancos ou nulos subiram de 12% para 13%.

A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal “Folha de S. Paulo” e ouviu 1204 eleitores na cidade de São Paulo nos dias 20 e 21 de outubro de 2020.

Confira os números completos da pesquisa:

Bruno Covas (PSDB): 23%

Celso Russomanno (Republicanos): 20%

Guilherme Boulos (PSOL): 14%

Márcio França (PSB): 10%

Arthur do Val - Mamãe Falei (Patriota): 4%

Jilmar Tatto (PT): 4%

Joice Hasselmann (PSL): 3%

Andrea Matarazzo (PSD): 2%

Levy Fidelix (PRTB): 1%

Marina Helou (Rede): 1%

Orlando Silva (PCdoB): 1%

Vera Lúcia (PSTU): 1%

Nenhum/branco/nulo: 13%

Não sabe: 3%

Antonio Carlos Silva (PCO) e Filipe Sabará (Novo) tiveram menos de 1%.