Datena é multado em R$ 5 mil por fazer propaganda eleitoral antecipada

Apresentador Datena (Foto: Reprodução/Bandeirantes)
Apresentador Datena (Foto: Reprodução/Bandeirantes)

O TRE-SP (Tribunal Regional Eleitoral do Estado de São Paulo) condenou o apresentador José Luiz Datena a pagar uma multa de R$ 5 mil por fazer propaganda eleitoral antecipada. A expectativa era que Datena se candidatasse ao Senado no pleito deste ano, mas acabou desistindo da disputa.

Segundo o portal UOL, a decisão do TRE considerou duas declarações do apresentador. Na primeira, ele está ao lado de Tarcísio de Freitas (Republicanos). “Reafirmo a minha pré-candidatura ao Senado, ao lado do Tarcísio, que será eleito governador, nós seremos eleitos juntos com uma votação que você vai nos dar, vai ser fantástica”, disse ele.

Já a segunda ocasião aconteceu durante uma edição do "Brasil Urgente", programa da Band que ele apresenta. "Se o povo quiser que eu seja eleito, que vote em mim, se não, que votem em outro. Mas eu não desisti de candidatura nenhuma, não.”

Na avaliação da juíza Maria Claudia Bedotti, que assina a decisão, as frases têm "inegável viés eleitoral" e "sem qualquer sombra de dúvida, pedido explícito de votos para a disputa eleitoral". Além disso, ela afirma que a desistência de Datena não muda o fato que houve "ilícito eleitoral", porque, na época, a pré-candidatura ainda era uma realidade.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos