David Cronenberg quer juntar Kristen Stewart e Robert Pattinson em um filme

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Estrelas da franquia de sucesso "Crepúsculo" e ex-namorados, Kristen Stewart e Robert Pattinson podem se juntar novamente em um longa. Pelo menos é a vontade de David Cronenberg, diretor de títulos como "Um método perigoso" (2011), "Senhores do crime" (2007) e "A mosca" (1986).

Em entrevista ao site World of Reel, o cineasta canadense disse que foi Pattinson - que trabalhou com ele em “Cosmópolis” (2012) e “Mapas para as Estrelas” (2014) - quem o apresentou para Stewart, que atua em seu novo filme “Crimes of the Future”.

“Eles se desenvolveram lindamente como atores, fazendo, separadamente, filmes ‘arthouse’ e seguindo adiante com sucesso. Kristen e eu nos divertimos muito, Rob e eu nos divertimos muito. Eu posso definitivamente fazer um filme com os dois juntos”, disse o diretor.

Por conta de toda euforia em torno da dupla, no entanto, David Cronenberg prefere manter os pés no chão, por ora, e manter a vontade somente no planos das ideias. Ele admite que juntar Kristen Stewart e Robert Pattinson pode ser "problemático". Além de interpretarem o casal Bella e Edward na saga vampiresca, os atores viveram um romance na vida real, entre 2009 e 2012, que ficou no imaginário dos fãs de "Crepúsculo".

“Os fãs podem esperar um certo tipo de relacionamento e isso atrapalharia a criação de novos personagens para eles. Tenho uma sensação estranha de que pode ser problemático, então é apenas teórico por enquanto”, disse o diretor.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos