David Luiz é o 12º jogador a ganhar Libertadores e Champions League; veja lista

Além de Pedro, que ganhou o anel de melhor jogador da competição, e Gabigol, que foi o melhor em campo no triunfo do Flamengo sobre o Athletico-PR nesta tarde, outro jogador do rubro-negro carioca colocou seu nome em uma lista histórica. Foi o zagueiro David Luiz, que se tornou o 12º jogador a conquistar dois títulos continentais: o da Libertadores e o da Champions League.

Na temporada 2011-12, o brasileiro foi campeão da Champions com o Chelsea, em seu primeiro ano no clube. Foi a primeira vez que o clube inglês foi campeão europeu, em um jogo dramático contra o Bayern de Munique, na Allianz Arena, em Munique. Nos 90 minutos, a partida terminou empatada em 1 a 1, com gols de Muller e Drogba. Nos pênaltis, David Luiz converteu a quarta cobrança e ajudou os Blues a vencerem o campeonato.

Curiosamente, na temporada seguinte, Rafinha, também vencedor da Libertadores com o Flamengo, foi campeão pelo rival do time derrotado pelo baiano, o Bayern de Munique. Na única final entre clubes alemães, o Bayern foi o algoz do Borussia Dortmund, com gols marcados por Mandzucken e Robben, do lado vencedor, e Gundogan, que ficou com o vice.

Veja a lista completa dos jogadores que já venceram a Libertadores e a Champions.

Pablo Sorín - River Plate (1996) e Juventus (1995-1996)

Solari - River Plate (1996) e Real Madrid (2001-02)

Dida - Cruzeiro (1997) e Milan (2002-03 e 2006-07)

Roque Junior - Palmeiras (1999) e Milan (2002-03)

Cafu - São Paulo (1992 e 1993) e Milan (2006-07)

Carlos Tévez - Boca Juniors (2003) e Manchester United (2007-08)

Walter Samuel - Boca Juniors (2000) e Inter de Milão (2009-10)

Ronaldinho Gaúcho - Barcelona (2005-06) e Atlético-MG (2013)

Neymar - Santos (2011) e Barcelona (2014-15)

Danilo - Santos (2011) e Real Madrid (2015-16 e 2016-17)

Rafinha - Bayern de Munique (2012-13) e Flamengo (2019)

David Luiz - Chelsea (2011-12) e Flamengo (2022)

O jogador Ramires não entrou na lista porque, apesar de ter jogado parte da Libertadores pelo Palmeiras, encerrou o vínculo com o clube antes da final de 2020.