De Bruyne corneta prêmio de melhor em campo: "Não sei por que recebi o troféu"

Kevin De Bruyne foi eleito melhor em campo no jogo de estreia da Bélgica Foto:Gonzalo Arroyo - FIFA/FIFA via Getty Images
Kevin De Bruyne foi eleito melhor em campo no jogo de estreia da Bélgica Foto:Gonzalo Arroyo - FIFA/FIFA via Getty Images

Eleito o terceiro melhor jogador do ano no prêmio Bola de Ouro em 2022 e um dos jogadores mais observados dessa Copa, Kevin De Bruyne ironizou a sua escolha como melhor em campo no jogo de estreia de sua seleção, a Bélgica, contra o Canada. A Bélgica ganhou o jogo por 1 a 0, pela primeira rodada do Grupo F da Copa do Mundo do Catar, mas não encantou os torcedores.

Após o jogo o meia do Manchester City foi convidado a receber o troféu de melhor em campo na votação realizada pela FIFA em seu site e cornetou a escolha: "Acho que não fiz um grande jogo. Não sei por que ganhei o troféu. Talvez seja por causa do meu nome. Créditos ao Canadá."

Leia também:

Em uma partida pouco inspirada da semifinalista da Copa de 2018 alguns dos poucos destaques foram o goleador do dia, Michy Batshuayi, e o goleiro Thibaut Courtois, que pegou um pênalti quando o jogo ainda estava zero a zero e impediu o primeiro gol do Canadá na história das Copas do Mundo. De Bruyne teve atuação apagada, como a maioria da seleção da Bélgica.

Ainda sobre a vitória, o camisa 10 belga comentou:

"Não foi bom o suficiente, mas sabemos o que mudar. Faltou precisão, inclusive de minha parte. Tivemos um espírito lutador, que é o mínimo requerido. Um primeiro jogo assim em um grande tornei é sempre especial. Eu não estava incomodado, mas só posso falar por mim mesmo. Fizemos (o jogo) ser mais difícil para nós mesmos e isso causou estresse no time."

O gol de Batshuayi deixou a Bélgica na liderança do grupo, com três pontos. A Croácia e o Marrocos que empataram em zero a zero no outro jogo do grupo estão com um ponto cada, enquanto o Canadá é lanterna, ainda zerado.