De olho na reeleição, Bolsonaro imita Lula de 2006 e intensifica viagens

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Tanto Lula quanto Bolsonaro intensificaram viagens pelo Brasil em ano eleitoral (Fotomontagem: Yahoo Notícias/Douglas Magno - AFP via Getty Images/ REUTERS - Adriano Machado)
Tanto Lula quanto Bolsonaro intensificaram viagens pelo Brasil em ano eleitoral (Fotomontagem: Yahoo Notícias/Douglas Magno - AFP via Getty Images/ REUTERS - Adriano Machado)

Resumo da notícia

  • Assim como Lula, Bolsonaro intensificou viagens pelo Brasil em ano eleitoral

  • Presidente esteve em 40 municípios brasileiros nos quatro primeiros meses do ano

  • Em 2006, quando concorria à reeleição, Lula visitou 51 cidades do país

O presidente Jair Bolsonaro (PL) está repetindo a estratégia de Lula (PT) em 2006, quando o petista disputava a reeleição. A ideia de Bolsonaro foi a de aumentar o número de viagens pelo Brasil.

Segundo levantamento feito pela CNN Brasil, os dois políticos visitaram pelo menos 40 cidades nos quatro primeiros meses do ano em que buscavam a reeleição. Lula, na ocasião, esteve em 51 cidades diferentes em 25 dias, entre 1º de janeiro e 30 de abril de 2006.

Bolsonaro, por sua vez, visitou 40 municípios em 28 dias até o fim do mês de abril. Em média, os dois viajaram para uma nova cidade a cada quatro dias.

As viagens de Lula eram mais curtas, passando por mais cidades a cada vez que se deslocava. Jair Bolsonaro, por outro lado, passa por mais municípios a cada vez que deixa Brasília para viajar pelo Brasil.

De acordo com o levantamento da CNN Brasil, Bolsonaro passou por todas as regiões brasileiras e o maior intervalo que fez entre as viagens foi de 12 dias, em duas ocasiões, sem contar a viagem para a Rússia e quando o presidente estava de luto pela morte da mãe.

Em 2003, Lula fez menos viagens, tinha mais intervalor, mas aproveitava mais os deslocamentos, visitando mais cidades a cada dia. Os maiores intervalos foram de 18 e 14 dias sem que o petista deixasse Brasília. Na ocasião, o então presidente não foi ao Centro-Oeste.

Comparação com ano anterior

Em comparação com os anos anteriores aos da eleição, tanto Lula quanto Bolsonaro viajaram menos. Enquanto o petista visitou 25 cidades em 2005, em 18 dias de viagem, Bolsonaro esteve em 20 cidades em 2021, quando ficou 15 dias fora da Capital Federal.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos