De onde vem a renda atual de Eike Batista?

Eike Batista no momento de sua prisão em 2017  (MAURO PIMENTEL/AFP via Getty Images)
Eike Batista no momento de sua prisão em 2017 (MAURO PIMENTEL/AFP via Getty Images)
  • Empresário já figurou na sétima posição de pessoas mais ricas do mundo;

  • Eike Batista sempre gostou de aparecer na mídia para falar de seus negócios;

  • Hoje, o executivo tem apenas dois negócios no seu nome, um restaurante e uma empresa deficitária.

O empresário brasileiro Eike Batista já figurou na lista das dez pessoas mais ricas do mundo, atingindo a sétima posição, e sempre gostou de aparecer na mídia para falar de suas conquistas. No entanto, desde a falência de suas empresas após sua prisão em desdobramentos da Operação Lava Jato, o executivo decidiu sumir dos holofotes.

Hoje em dia pouco se ouve falar dele, mas a recente notícia sobre os processos judiciais de seus credores jogou a luz de volta na persona de Eike Batista e levantou a questão: com o que ele anda trabalhando atualmente?

Oficialmente, os advogados de Eike se recusam a responder, porém antigos assessores financeiros e advogados que já deixaram de trabalhar com o empresário dão algumas dicas. A primeira é a operação da empresa OSX, na qual Eike se manteve como controlador.

A empresa, que já atuou nas áreas de fabricação de navios e operadoras de sondas de exploração de petróleo, hoje realiza somente a locação de áreas operacionais no Porto do Açu. Contudo, a empresa não consegue render lucros. No primeiro trimestre deste ano ela registrou uma receita líquida de R$ 8,2 milhões. Pode até parecer bom, mas quando comparado ao prejuízo líquido de R$ 145,5 milhões fica evidente seu caráter deficitário.

Outro negócio do qual Eike manteve posse foi o restaurante Mr. Lam no Rio de Janeiro. Fundado em 2006 e famoso pela culinária chinesa, o restaurante sempre foi mais um hobby pessoal do empresário do que um de seus negócios principais, como os das indústrias de petróleo, gás e mineração.

Embora o restaurante continue funcionando e seja um dos mais famosos do Rio, é difícil imaginar que ele seja capaz de render lucro suficiente para manter o padrão de vida que o ex-bilionário estava acostumado.