De saída do Palmeiras, Adidas prepara oferta ao São Paulo

Tricolor, de Marcos Guilherme, usa Under Armour pelas últimas semanas (Luis Moura/Gazeta Press)

Em meio à crise pela falta de resultados em campo, o São Paulo recebeu uma boa notícia: a Adidas fará nos próximos dias uma oferta oficial para ser a fornecedora de material esportivo do clube. E, pela primeira conversa, o Tricolor está convencido de que a empresa alemã topa superar as propostas apresentadas até o momento por Topper e Diadora.

Você já viu o novo app do Yahoo Esportes? Baixe agora!

O interesse da Adidas tem a ver com o desfecho de suas negociações com o Palmeiras. Conforme o Blog revelou na quinta-feira, o próprio Verdão vê a Puma muito próxima de produzir seus uniformes a partir de janeiro do ano que vem. Desta maneira, a parceria entre Palmeiras e Adidas, iniciada em 2006, tem tudo para acabar em 31 de dezembro.

E é natural que a Adidas gaste menos no acordo com o São Paulo do que desembolsaria com o Palmeiras. E isso reflete o momento dos dois rivais. O Verdão fatura R$ 20 milhões por ano no atual vínculo com a Adidas e exige do novo parceiro algo em torno de R$ 24 milhões – a oferta da Puma se aproximou muito da pedida do presidente Maurício Galiotte.

Já o São Paulo ainda usa o uniforme produzido pela Under Armour, mas os americanos já pagaram até pela rescisão do contrato, de forma antecipada, por entenderem que os termos atuais estavam fora da realidade: R$ 15 milhões em dinheiro e R$ 12 milhões em material esportivo por ano.

Desta maneira, o Tricolor está prestes a ficar sem parceiro. Topper e Diadora apareceram com propostas menores que a antiga da Under Armour. O departamento de marketing tricolor ainda chegou a conversar com a Under sobre a possibilidade de uma renovação, mas as bases oferecidas foram muito inferiores aos R$ 15 milhões atuais.

Para acessar outras notícias do Blog do Jorge Nicola, clique aqui: