Debate da Globo: veja as estratégias de Lula e Bolsonaro

Debate da Globo: Lula e Jair Bolsonaro já alinharam seus planos (Crédito: Editoria de Arte/Yahoo Notícias)
Debate da Globo: Lula e Jair Bolsonaro já alinharam seus planos (Crédito: Editoria de Arte/Yahoo Notícias)

Na noite desta quinta-feira (29), a partir das 22h30, será transmitido pela TV Globo o último debate entre candidatos à Presidência da República. Esse é um dos momentos mais esperados da corrida eleitoral deste ano.

As campanhas do presidente Jair Bolsonaro (PL), que busca a reeleição, e do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) têm traçado suas estratégias. Ambos, por exemplo, devem passar o dia se preparando para o embate.

Reportagem do portal UOL informou que o mandatário, que está estagnado nas últimas pesquisas de intenção de voto, pretende usar o programa da emissora com maior audiência no país para “furar a bolha” e expandir o eleitorado. Como fará isso? Atacando Lula, seu principal adversário.

A orientação que Bolsonaro recebeu foi de desgastar o ex-presidente e focar no discurso da corrupção.

Há ainda o conselho para o presidente usar o termo “ex-presidiário” ao se referir a Lula, mas deve se policiar para não atacar jornalistas mulheres, como fez com Vera Magalhães.

Por outro lado, o petista deve continuar com a mesma estratégia adotada em toda a campanha: focar em pautas econômicas e de renda. Mas, diferentemente de como aconteceu no debate da Band, o ex-presidente vai responder de maneira mais incisiva quando for atacado.

Ainda de acordo com o portal UOL, a estratégia da campanha de Lula é não criar desgastes desnecessários nem se arriscar demais. Para a equipe do petista, é o bolso o ponto de maior trunfo do discurso de Lula.

Além disso, o ex-presidente, que tentou se aproximar de Ciro Gomes (PDT) no debate da Band, não deve fazer o mesmo no evento da Globo: ele já se prepara para uma posição menos amistosa, aumentando as críticas contra o antigo aliado.

Preparação

Segundo o portal UOL, a estratégia de Bolsonaro é traçada pelos ministros Ciro Nogueira (PP-PI) e Fábio Faria (PP-RN), o ex-secretário de comunicação Fabio Wajngarten, o senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ) e o marqueteiro Duda Lima.

Integrantes da campanha reconhecem que o presidente está em desvantagem e que o debate pode ser a “última grande chance” de levar a eleição para o segundo turno.

Bolsonaro cancelou uma viagem para se concentrar e chegar aos estúdios da TV Globo com a “cabeça fria”.

Já Lula não cancelou viagem, e tirou dois dias para se preparar.

Ele já está no Rio de Janeiro, e está acompanhado de assessores. Antes do programa, ainda de acordo com o portal UOL, ele deverá conversar com coordenadores de comunicação da campanha, o prefeito de Araraquara, Edinho Silva (PT), e o deputado Rui Falcão (PT-SP), e com o ex-ministro Aloízio Mercadante (PT), coordenador do plano de governo.

Veja as últimas pesquisas eleitorais para presidente:

Qual a data das Eleições 2022?

O primeiro turno das eleições será realizado no dia 2 de outubro, um domingo. Já o segundo turno – caso necessário – será disputado no dia 30 de outubro, também um domingo.

Veja a ordem de escolha na urna eletrônica nas Eleições 2022

  1. Deputado federal (quatro dígitos)

  2. Deputado estadual (cinco dígitos)

  3. Senador (três dígitos)

  4. Governador (dois dígitos)

  5. Presidente da República (dois dígitos)