Debate na Globo é confuso, com falta de educação e sem propostas

Candidatos enfileirados momentos antes de debate na Globo começar (Divulgação/Globo/João Miguel Júnior)
Candidatos enfileirados momentos antes de debate na Globo começar (Divulgação/Globo/João Miguel Júnior)

Aconteceu nesta quinta-feira (29) o debate na Globo entre presidenciáveis das Eleições 2022. O encontro aconteceu na sede da emissora, no Rio de Janeiro, e reuniu Jair Bolsonaro (PL), Lula (PT), Simone Tebet (MDB), Ciro Gomes (PDT), Luiz Felipe D'Ávila (Novo), Soraya Thronicke (União Brasil) e Padre Kelmon (PTB).

Por que você tem que ler essa matéria: o debate na Globo é o principal encontro entre os candidatos à presidente. Tradicionalmente muito próximo aos turnos de votação, o evento também tem muita relevância por se tratar da emissora de maior audiência do Brasil. Com a proximidade do primeiro turno, foi a última chance de eleitores terem contatos com os candidatos.

Uma análise do debate: Anita Efraim, do Yahoo Notícias, analisou como o evento considerado por muitos como o principal da corrida eleitoral antes da votação se transformou em "show de horrores" comandado pelo Padre Kelmon (PTB). Leia a análise aqui.

Veja as últimas pesquisas eleitorais para presidente:

Três links para entender o debate na Globo

Como foi o primeiro bloco do debate na Globo?

Diferente do que aconteceu no debate da Band, único com todos os presidenciáveis até o desta noite, o primeiro bloco foi marcado por ataques diretos entre os candidatos. Destaque para Lula e Bolsonaro que, como esperado, travaram duelos desde o primeiro momento. O ex-presidente e o presidente se acusaram sobre casos de corrupção, falaram de suas famílias e citaram também o assassinato de Celso Daniel. Leia aqui um resumo do primeiro bloco.

Como foi o segundo bloco do debate na Globo?

Com a mudança de estilo nas perguntas, com temas pré-determinados, o segundo bloco acabou sendo muito mais tranquilo do que o primeiro. Mudanças climáticas, cotas raciais e relação com o Congresso foram alguns dos temas que os candidatos puderam debater ao longo do bloco, sempre com perguntas diretas. Acontece que, nem sempre, os presidenciáveis se mantiveram fieis às respostas solicitadas. Leia aqui um resumo do segundo bloco.

Como foi o terceiro bloco do debate na Globo?

Novamente com tema livre, o evento na Globo viveu seus momentos mais constrangedores. O maior deles quando o apresentador Willam Bonner teve de interromper resposta de Lula para dar bronca em padre Kelmon. Os dois candidatos, após isso, começaram a bater boca mesmo com seus microfones desligados e um intervalo quase teve de ser chamado. Na sequência, Ciro e Bolsonaro riram das respostas de um para o outro e Tebet se confundiu ao falar com Soraya, a chamando de "Bolsonara". Leia aqui um resumo do terceiro bloco.

Como foi o quarto bloco do debate na Globo?

Novamente com temas definidos, o quarto bloco fez o clima tenso entre os candidatos dar uma leve esfriada. Os presidenciáveis trocaram mais adversários mais próximos de seus espectros políticos e diminuíram consideravelmente o número de ataques pessoais. Mesmo com temáticas definidas, novamente, pouco se falou de proposta e mais do que interessava a cada um dos candidatos dentro de sua estratégia — muitas vezes longe do tema proposto, inclusive. Leia aqui um resumo do quarto bloco.

Atualizações ao vivo
  • Yahoo Brasil

    Debate da Globo: Evento mais importante da eleição vira show de horrores de “padre”

    Padre Kelmon foi o protagonista de uma noite marcada pela baixa produtividade política do debate

  • Yahoo Brasil

    Obrigado por acompanhar a cobertura do Yahoo Notícias

  • Yahoo Brasil

    Chegou ao fim o debate da TV Globo

  • Yahoo Brasil

    Bolsonaro
    "Temos um governo que respeita todos. Um governo que respeita a família, sem corrupção, que diz não ao aborto. Um governo que respeita as crianças em sala de aula, não à ideologia de gênero. Um governo que não quer legalizar as drogas. Um governo do livre mercado, um governo que dá exemplo ao mundo. Um governo que temos uma das gasolinas mais baratas do mundo. Um programa social dos mais abrangentes no mundo. Um governo que respeita a todos e que quer continuar"

  • Yahoo Brasil

    Lula
    "Queria dizer que aqui tem 3, 4 tipos de propostas diferentes. Tem um que as pessoas sabem o que já fez pelo país, aquele que faz as promessas, e aquele que está governando. Então está muito fácil. Eu tenho orgulho do que já fizemos no Brasil, das escolas técnicas, de virar protagonista deixando o Brasil respeitado no mundo inteiro. E vocês sabem o que nós temos capacidade de fazer"

  • Yahoo Brasil

    Simone Tebet
    "O futuro do Brasil está na sua mão. Peço apenas que faça uma reflexão se a escolha tem que ser pelo menos pior ou pela escolha do seu coração. Acabamos de ver que um não deixará o outro governar se perder a eleição. Queremos diferente. Iremos governar com a alma de uma mulher e o coração de uma mãe. Não vou sossegar enquanto tiver um único brasileiro passando fome no Brasil. Não vou sossegar enquanto famílias estão embaixo de lonas no Brasil"

  • Yahoo Brasil

    Soraya Thronicke
    "Quero convidar você para dar um pulo nas minhas redes e olhe a foto que postei. Essa foto mostra uma criança pobre olhando da calçada uma família em um restaurante. Isso me chocou. Não adianta candidatos falarem números e vermos outras realidades nas ruas. Não tenho rabo preso, não tenho medo de ser presa. Não estou aqui em um projeto pessoal"

  • Yahoo Brasil

    Padre Kelmon
    "Me dirijo a você sacerdote, pastor, fiel desse Brasil cristão. Você viu como me trataram aqui, com tanto ódio. Por isso, nessas eleições, vote Padre Kelmon presidente do Brasil, vote nos candidatos do PTB. Um presidente precisa de deputados federais, ajude o PTB. Vote no PDT, que cuida das crianças. Um partido que reescreveu seu estatuto"

  • Yahoo Brasil

    Ciro Gomes
    "Os radicais lulistas e radicais bolsonaristas não querem ouvir. Eu quero ser o candidato que vai reconciliar o Brasil. (...) Não deixe o sistema entrar na sua cabeça, eles montam uma máquina de propaganda. Imagina que lindo nós fazermos história no Brasil"

  • Yahoo Brasil

    Felipe D'Ávila
    "Que tristeza terminar um debate com essa baixaria de sempre. Vota em um para tirar o corrupto, e vota em outro que prometeu tirar o PT e reviveu o partido. Dê uma chance ao Partido Novo para eliminar esse 'nós e eles'. Vote nos candidatos do Novo. Um país dividido não cresce."

Quem participou do debate na Globo?

Participaram do debate da Globo nesta quinta os seguintes candidatos à Presidência:

  • Lula (PT)

  • Jair Bolsonaro (PL)

  • Ciro Gomes (PDT)

  • Simone Tebet (MDB)

  • Soraya Thronicke (União Brasil)

  • Felipe d'Avila (Novo)

  • Padre Kelmon (PTB)

Qual a data das Eleições 2022?

O primeiro turno das eleições será realizado no dia 2 de outubro, um domingo. Já o segundo turno – caso necessário – será disputado no dia 30 de outubro, também um domingo.

Veja a ordem de escolha na urna eletrônica nas Eleições 2022

  1. Deputado federal (quatro dígitos)

  2. Deputado estadual (cinco dígitos)

  3. Senador (três dígitos)

  4. Governador (dois dígitos)

  5. Presidente da República (dois dígitos)