Debate: o futuro do catering em cenário de pandemia

O Globo
·1 minuto de leitura
Reprodução Pexels

Reinvenção é uma palavra comum no vocabulário de quem empreende. Em 2020, mudar processos no meio do caminho foi a saída para muitos empresários, especialmente para quem atua no segmento de alimentação, um dos mais afetados da pandemia. Dentro do setor, um dos nichos que mais encarou desafios foi o de catering, por conta da suspensão de grande parte dos eventos presenciais em razão das medidas de distanciamento.

Neste processo, reinventar-se foi medida de primeira ordem. No ano passado, empreendedores da área tiveram que encontrar alternativas para enfrentar as mudanças e agora vislubram um setor em transformação, com eventos menores e menus reduzidos.

Larissa Januário, jornalista e cozinheira que faz eventos (e uma famosa feijoada), e Morena Leite, do Capim Santo, discutem o tema com PEGN nesta terça-feira, dia 12 de janeiro, ao vivo. O encontro, transmitido em nossas redes sociais, acontece a partir das 15h.

Desde o início de dezembro, Pequenas Empresas & Grandes Negócios e o Rio Gastronomia têm realizado a versão totalmente digital do PEGN Labs, evento apresentado pelo Santander. Abaixo, é possível conferir a cobertura das três primeiras lives:

Debate de estreia: as novas tendências da gastronomia

Dark kitchens e delivery: duas saídas para a sobrevivência do setor

A alta gastronomia em 2020: uma conversa com os chefs Thomas Troisgros e Fabrício Lemos