Debate presidencial neste domingo terá três blocos e estúdio sem plateia; veja regras

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O primeiro debate presidencial de 2022 ocorre na noite deste domingo (28) e é esperada a presença dos dois líderes das pesquisas de intenção de voto: o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o presidente Jair Bolsonaro (PL).

O evento é organizado em pool por Folha de S.Paulo, UOL e TVs Bandeirantes e Cultura, com início previsto para as 21h. A Folha de S.Paulo fará a transmissão ao vivo, com a publicação de análises ao longo do evento.

O debate será dividido em três blocos. Em reunião com assessores de todos os candidatos ficou acertado que não haverá plateia no estúdio. Além disso, caso um candidato desista de comparecer, a cadeira destinada a ele ficará vazia.

O ex-presidente Lula confirmou sua participação no debate em publicação nas redes sociais neste sábado (27). Ele compartilhou uma imagem de um calendário indicando o compromisso e escreveu: "Nos vemos na Band amanhã, 21 horas".

Também é esperada a presença do presidente Jair Bolsonaro (PL). O ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira, afirmou à reportagem neste sábado que a participação de Bolsonaro no debate está confirmada.

Mais cedo, na Bahia, o presidente já havia dito a aliados que iria ao debate. A decisão foi tomada após idas e vindas. No meio da semana, ministros chegaram a dizer que Bolsonaro estava decidido a não comparecer.

Além de Lula e Bolsonaro, foram convidados Ciro Gomes (PDT), Simone Tebet MDB), Luiz Felipe d'Avila (Novo) e Soraya Thronicke (União Brasil), de partidos com representantes na Câmara de Deputados.

Entenda como será o debate deste domingo:

*

DEBATE PRESIDENCIAL

Folha de S.Paulo, UOL, TV Bandeirantes e TV Cultura formaram um pool para promover evento

Quando: Domingo (28), às 21h

Onde: Estúdio da Band, em São Paulo

Organizadores: Folha, UOL e TVs Bandeirantes e Cultura

Como acompanhar: Site da Folha de S.Paulo fará transmissão ao vivo, com comentários de jornalistas

Candidatos convidados: Luiz Inácio Lula da Silva (PT), Jair Bolsonaro (PL), Ciro Gomes (PDT), Simone Tebet (MDB), Felipe D'Avila (Novo) e Soraya Thronicke (União Brasil)

Mediadores: O encontro será mediado pelos jornalistas Adriana Araújo e Eduardo Oinegue, do Grupo Bandeirantes de Comunicação, nos dois primeiros blocos. No último, a mediação será feira pelo diretor de Jornalismo da TV Cultura, Leão Serva, e pela jornalista Fabíola Cidral, do portal UOL

Regras do debate

- O debate será dividido em três blocos

- Não haverá plateia

- Se algum candidato não comparecer ao debate, o púlpito ficará vazio

- Em caso exclusivamente de ofensa moral e pessoal, o candidato poderá solicitar ao mediador direito de resposta

- Se avaliada pertinente, a resposta será dada ainda no mesmo bloco em que ocorreu o caso

Primeiro bloco:

- Haverá perguntas sobre temas sorteados. Candidatos terão um minuto e meio para responder

- Os candidatos poderão questionar seus adversários. O candidato terá quatro minutos para administrar entre a resposta e a tréplica. Quem perguntou tem um minuto para a réplica

Segundo bloco:

- Jornalistas fazem perguntas e escolhem quem comenta. Um minuto para a pergunta e um minuto para o comentário. O candidato que responde terá quatro minutos para dividir como quiser entre resposta e réplica

Terceiro bloco

- Os convidados podem fazer perguntas entre si. Haverá também uma rodada de perguntas sobre temas sorteados e as considerações finais, de 2 minutos para cada