Debate RedeTV!: Candidatos a presidente se enfrentam nesta sexta-feira, dia 17

Débora Melo
O debate da RedeTV! será mediado pelos jornalistas Amanda Klein, Boris Casoy e Mariana Godoy.

A RedeTV! transmite nesta sexta-feira (17), às 22h, um debate entre candidatos à Presidência da República nas eleições 2018.

O HuffPost Brasil fará a cobertura do debate, com live tweeting a partir das 21h de sexta. Os principais embates e propostas dos candidatos serão detalhados nas postagens, também na página do HuffPost no Facebook e em textos no site.

Será possível assistir ao debate pela TV aberta, pela página da RedeTV! no Facebook e pelo site da emissora.

Estão confirmados 8 candidatos: Alvaro Dias (Podemos), Cabo Daciolo (Patriota), Ciro Gomes (PDT), Geraldo Alckmin (PSDB), Guilherme Boulos (PSol), Henrique Meirelles (MDB), Jair Bolsonaro (PSL) e Marina Silva (Rede).

Candidato do PT, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi convidado, mas está impedido de participar. Preso desde abril, ele foi condenado por corrupção e lavagem de dinheiro pela Operação Lava Jato.

O PT entrou com uma liminar no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) pedindo que Lula fosse autorizado a ir ao debate, mas o pedido foi negado nesta quinta-feira (16). "Carece esta Justiça especializada de atribuição constitucional e legal para intervir em ambiente carcerário", escreveu o ministro Sérgio Banhos em sua decisão.

Diante da situação, a RedeTV! vai deixar o púlpito do PT vazio. Segundo a emissora, o púlpito de "candidato ausente" já foi usado na eleição passada em outras situações.

Com a recusa do TSE, o PT deve dar entrada em uma nova ação, pedindo que Lula seja representado no debate por Fernando Haddad (PT), candidato a vice na chapa petista. "Possivelmente nós entraremos com outra ação judicial pedindo a presença de um representante", disse Haddad em entrevista em frente à sede da Polícia Federal em Curitiba, onde Lula está preso, após visita ao ex-presidente.

Regras

A RedeTV! informou que, ao definir os convidados e as regras do debate, seguiu a legislação em vigor.

A Lei 13.488/2017, que estabelece as normas da...

Continue a ler no HuffPost