Deborah Secco fala de participação em programa na Copa e da relação com Roger Flores, seu ex-marido

Deborah Secco foi convocada para trabalhar como comentarista na cobertura do SporTV da Copa do Mundo do Catar. Ela participará do "Tá na Copa", que estreia no dia 20 de novembro e terá no time de apresentadores Igor Rodrigues, Magno Navarro e Aloísio Chupala (veja foto abaixo).

— Quando eu fui chamada, me perguntaram do meu interesse por futebol. Sempre deixei claro que adoro, sou uma supertorcedora, mas não uma entendedora — frisa a atriz.

Mais da Copa: Roger Flores fala de preparação e explica por que evita redes sociais

Entrevista: Deborah Secco lembra procedimento estético que deu errado

Chulapa é um velho conhecido de Deborah, que diz ter convivido com ele na época em que era casada com o ex-jogador de futebol Roger Flores, hoje comentarista da Globo:

— Eu era vizinha do Chulapa. Conheço há muito tempo. Vivíamos no mesmo condomínio na época em que o Roger jogava no Catar (Deborah e o apresentador foram casados de 2009 e 2013). Eu era casada com o Roger, ele jogava lá também. Cozinhávamos, almoçávamos juntos. Era divertido. E adorei saber que vou estar com Igor e Magno. Sou fã do trabalho deles. Vou adorar fazer parte desse time — conta a atriz, de 42 anos, atualmente casada com o diretor Hugo Moura, com quem tem Maria Flor, de 6.

Deborah fica surpresa ao saber que, no dia do anúncio de sua participação no programa, o nome de Roger Flores ficou entre os assuntos mais comentados do Twitter no nicho de entretenimento. Os internautas se mostraram curiosos sobre algum possível "climão" por Deborah e Roger terem que conviver em reuniões no setor esportivo da empresa. Ela rechaça a possibilidade de animosidade:

— Eu já reencontrei o Roger diversas vezes. Nos damos bem. Vivi com ele momentos incríveis. Tudo o que entendo de futebol ele me ensinou, na época em que convivemos. Acompanhei a migração dele dos campos para o SporTV e tenho orgulho do comentarista que ele vem se tornando. Isso para mim é zero assunto. Entendo que algumas pessoas não tenham relações tão bem-resolvidas quanto a nossa. Nesses casos, sim, esse tipo de situação seria um tema. Mas para mim não é. É um cara que adoro, gosto da sua família, da mãe, da sobrinha, da Lara (filha dele). Lara faz parte da minha vida. Ele agora está com o filhinho novo (da relação com a ex-jogadora de vôlei Betina Schmidt). E talvez eu até recorra a ele para tirar dúvidas de futebol, se precisar. Embora eu não acredito que a gente vá se encontrar porque haverá equipes no Rio e outras no Catar. Então, não devemos passar por nenhuma dinâmica juntos. De qualquer jeito, sei que ele é uma pessoa com quem eu posso contar.

Na TV, Deborah usará um figurino que deixará o corpo à mostra. A atriz explica que foi uma escolha da equipe do programa para ressaltar que ela não é comentarista técnica:

— Essa roupa mais estilizada é para diferenciar, para caracterizar que não sou uma especialista em futebol ali. Para que as pessoas tenham uma imagem visual diferente. Essa sugestão foi da Carol (Gama), figurinista do SporTV.