Decisão sobre fim de medidas de restrição na Inglaterra será conduzida por dados, diz ministro

·1 minuto de leitura

LONDRES (Reuters) - A decisão de suspender as medidas finais de restrição na Inglaterra em 21 de junho será tomada depois que dados sobre infecção, hospitalização, vacinação e novas variantes da Covid-19 forem avaliados, disse o ministro das Vacinas, Nadhim Zahawi, neste domingo.

"Vamos compartilhar as evidências com o país no dia 14 de junho para basicamente explicar exatamente onde estamos nas taxas de infecção, na hospitalização e, claro, infelizmente, nas mortes", disse ele no programa de Andrew Marr, da BBC.

"Temos que ser cautelosos; temos que olhar os dados e compartilhá-los com o país."

As restrições da Covid-19 foram atenuadas em etapas na Inglaterra, Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte, conforme os níveis de infecção, hospitalizações e mortes caíram.

O primeiro-ministro Boris Johnson, no entanto, alertou na quinta-feira que a disseminação da variante do coronavírus identificada pela primeira vez na Índia pode atrasar o estágio final. "Não vejo nada atualmente nos dados que sugira que temos que nos desviar do roteiro, mas podemos ter que esperar", disse.

(Reportagem de Paul Sandle)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos